Economia
Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013
Vendas do varejo desaceleram em setembro no CE, afirma instituto

As vendas do comércio varejista no Ceará registrou alta - pela terceira vez consecutiva no terceiro trimestre -, alcançando, em setembro último, variação de 0,34%, resultado, no entanto, abaixo dos desempenhos verificados nos meses de julho e agosto. Enquanto isso, o País apresentou variação levemente superior, de 0,51%, na mesma comparação. Já a receita nominal de vendas teve alta no varejo cearense de 0,87% e no varejo nacional de 0,75%, refletindo em boa parte a inflação do mês.

Observa-se um comportamento de desaceleração na taxa de crescimento nas vendas do varejo comum nacional e cearense, ao longo do terceiro trimestre do ano, logo após a recuperação na comparação com o segundo trimestre.  Com exceção dos meses de fevereiro e junho, o varejo comum do Cear vem registrando variações positivas na comparação com os mesmos meses do ano passado. Em setembro último, a alta foi de apenas 2,46%, bem abaixo do registrado em igual mês de 2012, com elevação de 10,45%.

 

ANALISANDO

Os números estão no Enfoque Econômico - Evolução das Vendas do Varejo Cearense -, elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), tendo como base a análise dos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo observa que, apenas no mês de janeiro deste ano, foi registrada variação mensal superior na comparação com o mesmo mês de 2012, revelando que o varejo cearense apresenta um comportamento de desaceleração no ritmo de crescimento das vendas, ao longo de 2013.

De acordo com o economista Alexsandre Lira Cavalcante, apesar do volume de vendas ter registrado um tímido crescimento mensal, a receita nominal de vendas do varejo cearense apresentou uma elevação de 9,42%, levemente abaixo da marca nacional, que foi de 10,59%, refletindo também a variação dos preços no mês de setembro. Já na comparação com o desempenho mensal das vendas nacionais, é possível notar que a desaceleração nas vendas do varejo comum cearense tem sido muito mais intensa, principalmente no terceiro trimestre do ano, por apresentar variações positivas mensais, sempre abaixo daquelas registradas pelo País.

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação