domingo, 18 de novembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Ciro enfrenta o tribunal inquisitório da Globo

HENRIQUE MATTHIESEN BACHAREL EM DIREITO E JORNALISTA

quinta-feira, 30 de agosto 2018

Imprimir texto A- A+

Aentrevista inquisitória feita pelo “Jornal Nacional”, da Rede Globo de Televisão, com seus jornalistas William Bonner e Renata Vasconcelos, seguiu o padrão Globo de manipulação e descortesia.
Nós, trabalhistas, que nunca nos curvamos ao poderio da família Marinho, não reconhecemos na Globo autoridade moral, e nem liberdade de imprensa desta organização. Não olvidemos que a Rede Globo apoiou o golpe militar, assim como apoiou o golpe contra Dilma Rousseff, e também sempre fez parte da nossa classe dominante preconceituosa e antipovo.

Ciro foi vítima da folha corrida, das intrigas, dos desmerecimentos, e do achincalhamento para manipulação e envenenamento do povo brasileiro contra si.
Não é de hoje que a prática de sabotagem, boicote e inverdades norteiam a emissora do Jardim Botânico; nutre rancores insofismáveis aos que ousam conjeturar um país soberano com projeto de desenvolvimento nacional; coexiste, a Rede Globo, de concessões muitas das quais adquiridas na bajulação e servilismo, em especial aos generais golpistas, que apearam o trabalhista João Goulart da presidência.

Brizola, em inédito direito de resposta, denunciava em 15.03.1994, que tudo na Globo é tendencioso e manipulado.
Com o vício incorrigível de acusar levianamente aos que não rezam suas cartilhas, mira no Presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, suas iras contra a candidatura de Ciro Gomes e não se conforma que pessoas possam exercer política sendo corretas e ficha limpa.
Certidões emitidas pelas diversas esferas judiciais, em inúmeros estados, demonstram de forma cabal que Carlos Lupi não responde processos, porquanto não é acusado de nada, data venia é Ficha Limpa.
Outra face demonstrada na entrevista inquisitória foi o preconceito social nutrido pela Globo. O projeto do nome limpo que Ciro vem divulgando, gerou verdadeiras indignações e repulsa aos deformadores das opiniões globais.

Oras, nunca vi um editorial sequer da Globo contra o perdão das dívidas milionárias das classes abastadas. Jamais a Globo posicionou-se contra o lucro perverso do rentismo e suas deletérias e trágicas consequências.
Como também jamais vi a Globo se dispor a esclarecer que a maior facção criminosa do Brasil, nasceu, se desenvolveu, controla os presídios paulistas, e a proliferação das ações criminosas em todo o Brasil, tudo sob o manto sagrado do PSDB.

Será que a Globo não sabe que a guerra pelo domínio no tráfico de drogas no Brasil tem seu escritório central e sua diretoria executiva em São Paulo?
A Globo tem lado desde de sua origem.
Representa o projeto de submissão e servilismo de nossa elite complexada que não gosta do povo, não aceita nossa emancipação soberana, e combate, subterraneamente, as forças progressistas dos que acreditam no Brasil.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter