29 C°

domingo, 25 de junho de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Liderança de Gervasio Pegado

quinta-feira, 16 de março 2017

Imprimir texto A- A+

U m dos mais prestigiosos líderes do comércio lojista de nosso Estado, GERVASIO PEGADO, faleceu nesta segunda-feira, compungindo todos os seus incontáveis amigos, que nele sempre viram um autêntico defensor do nosso desenvolvimento, nas intensas atividades comerciais, compondo a cúpula do lojismo no Ceará, com projeção nacional, pelos seus méritos pessoais e o espírito de liderança que sempre foi uma de suas mais autênticas características.
Quer na CDL de nossa Capital e na Federação respectiva, nunca deixou de permanecer à frente de iniciativas que objetivavam impulsionar o nosso desenvolvimento, partícipe que era, também, de congressos em outros recantos do País, numa vivência que o destacava como vulto preeminente da prestigiosa categoria.
Nos primeiros instantes de sua porfia empresarial, dirigiu, por longo tempo, a Agência Neudson, contribuindo, por sua visão e experiência, para acelerar a expansão do nosso progresso e bem estar social.
Na gradual ascensão da Câmara dos Dirigentes Lojistas, nos primeiros instantes ao lado de Clovis Rolim, Jeová Damasceno, João Araújo Sobrinho, mais recentemente sob a liderança de Honório Pinheiro, Freitas Cordeiro e Sebastião Neto, o extinto nunca negou a sua colaboração para que os projetos da categoria alcançassem os objetivos primordiais, que redimensionaram a expansão socioeconômica do Nordeste brasileiro.
Como inspiradora de suas lutas, no âmbito familiar, estava uma dama de virtudes peregrinas, dona Branca Pegado, sempre disposta a acompanhá-lo nas lutas em favor da causa da expansão de nossas atividades produtivas.
Quando, por força da idade avançada, não podia estar presente a todas as promoções classistas, ele buscava inteirar-se das conquistas alcançadas, notadamente nas campanhas publicitárias, como o LIQUIDA, mensagem que objetivava ampliar as vendas em períodos de mais reduzida movimentação mercantil.
Todos os seus filhos herdaram o sentido de equilíbrio empresarial para as conquistas de mercado, em lições de vida que consubstanciavam, também, uma postura de seriedade e de correto cumprimento dos deveres para com a comunidade.
Homenageio, assim, a sua figura inolvidável, que legou a todos nós lições admiráveis de dignidade, com preponderância aos anseios da coletividade.

Mauro Benevides
Jornalista e  Deputado Federal

outros destaques >>

Facebook

Twitter