sexta-feira, 19 de abril de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Nomofobia o novo mal do século

BRENDAN COLEMAN REDENTORISTA

terça-feira, 11 de dezembro 2018

Imprimir texto A- A+

Otermo nomofobia é uma abreviação do inglês para “no mobile phone phobia”. Foi criado na Inglaterra para descrever o pavor, a angústia e desespero de uma pessoa de estar sem o telefone celular. Nomofobia trata da estrema dependência de uma pessoa em relação ao seu celular. Hoje, a nomofobia é considerada uma neurose. Quantos problemas são causados pela Nomofobia? Problemas nos lares, nas escolas, nas empresas e, especialmente nos relacionamentos. Uma pessoa monofóbica, às vezes, apresenta sinais iguais de pessoas viciadas em drogas ou bebidas alcoólicas. Por exemplo: alterações bruscas no comportamento e emoções; diminuição de produtividade no trabalho; perda de interesse em outras atividades; iniciar brigas em casa; dirigir usando o celular e a diminuição do tempo de aprendizagem escolar etc.
Desde seu aparecimento, telefones celulares vêm provocando receios quanto a seus possíveis riscos à saúde do usuário. Grande parte dos receios decorre da radiação emitida por eles. Câncer cerebral, nervos danificados, efeitos adversos na retenção de memória e tumores têm sido apontados como potenciais consequências negativas do uso regular de celulares. Embora ainda não tenham sido encontradas provas concretas de que eles sejam perigosos, isso não significa que não haja motivos de preocupação. Somos alertados para não dormir com o celular em baixa do travesseiro ou de guardar o celular por muito tempo no bolso da camisa ou blusa em cima do coração. Ninguém quer ser alarmista, mas prudência com o celular é sempre aconselhável.
Um dos grandes problemas com o celular é o tempo ocupado com ele. Muitos usuários permanecem conectados ao celular por períodos muito longos. Frequentemente, o rendimento no trabalho, nos estudos escolares ou na faculdade e outras atividades sofrem por causa do prolongado uso do celular. Muitos usuários do celular vivem estressados preocupados com o nível da carga da bateria, ou se o carregador ou o wi-fi é acessível etc. O número de roubos com violência de smart phones é outra fonte de ansiedade aos seus donos. Houve problemas de assédio sexual via o smart phone e pessoas enganadas em negócios de formas sofisticadas. Pais e educadores devem falar mais aos seus filhos e alunos sobre os problemas associados ao celular.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter