28 C°

sábado, 16 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

República abalada

sexta-feira, 19 de Maio 2017

Imprimir texto A- A+

E eis que, novamente, mais um duro acontecimento vem abalar a República. Não obstante os fatos envolvendo o seu nome, o presidente Michel Temer disse que não irá renunciar ao cargo e exigiu uma investigação rápida na denúncia em que é citado, para que seja esclarecido. A reportagem do jornal o Globo diz que em encontro gravado, em áudio, pelo empresário Joesley Batista, o presidente teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada de Batista ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. Cunha está preso em Curitiba.
Dando continuação ao caso, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, homologou a delação premiada dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, donos do grupo JBS, firmada com o Ministério Público Federal (MPF) e abriu inquérito para investigar o presidente Michel Temer. Muito embora o presidente tenha negado ter concordado com pagamentos a Eduardo Cunha e afirmado ainda que não teme delações premiadas, a situação do Temer está cada vez mais insustentável do ponto de vista político. E o momento para o surgimento dessa nova bomba não poderia ser pior, tendo em vista que o País começava a viver um clima de normalidade econômica, com a queda da inflação e com os dados positivos na geração de empregos. Pelo sim, pelo não, é hora de pensarmos no futuro da Nação, e o melhor que pode ser feito, hoje, é que tudo se esclareça de modo a que tudo venha à luz do dia, que ainda é o melhor dos detergentes.
Seja qual for o destino do governo Michel Temer, é preciso pensar uma agenda para as próximas gerações, de modo a que elas possam, posteriormente, gozar de direitos e oportunidades, a fim de termos uma Nação mais rica e produtiva. Os próximos dias deverão ser cruciais na construção dessa agenda em prol do Brasil.

EDITORIAL

outros destaques >>

Facebook

Twitter