segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Use a criatividade

EMMANUEL BRANDÃO PUBLICITÁRIO E ESCRITOR

quinta-feira, 07 de fevereiro 2019

Imprimir texto A- A+

Pedro, o dentista. Mariana, a fisioterapeuta. Cláudio, o advogado. Eduardo, o dermatologista. Muitas vezes a profissão que escolhemos termina virando o nosso sobrenome. Falamos dela dentro e fora do ambiente de trabalho.
Eu, em alguns grupos de amigos, sou conhecido como “Emmanuel, o criativo”. Perceba que, nesse contexto, a palavra criativo deixou de ser um adjetivo para se tornar uma profissão. Um erro grave. Gravíssimo.
Criatividade é um diferencial que todo e qualquer profissional pode usar a seu favor. E, diga-se de passagem, profissionais que mais se destacam trabalham com criatividade.  Vou usar uma situação qualquer, a primeira que me vem à cabeça, só para exemplificar melhor. Imaginemos que você vai a um nutricionista com o objetivo de perder um pouco de peso para curtir o carnaval.
O mínimo que você espera em uma consulta é que o profissional passe uma alimentação balanceada, saudável e que, em breve, os resultados apareçam. Isso é obrigação. É o que todos fazem. Pelo menos, deveriam.
Agora imagina você ir em uma consulta e o profissional não se preocupar só com as medidas. Pelo contrário, ele faz exames, cuida da sua saúde e, de fato, se preocupa com você, fazendo questão de manter uma relação próxima e ficar, com todo respeito, quase uma pessoa íntima. Do nada, mas é do nada mesmo, o profissional deixa a formalidade de lado e envia uma mensagem pelo WhatsApp perguntando como anda a alimentação e se está satisfeito com o plano. Não satisfeito, ele vai além e lembra que, às vezes, é bom burlar a dieta e comer um pedação de chocolate ou um pote de sorvete.
Esse pequeno exemplo traduz um pouco do que é criatividade. O profissional usou a tecnologia a seu favor e criou um diferencial em relação ao outro nutricionista. Em qual deles você iria? Não precisa responder. Eu já sei. Você terminou escolhendo o segundo mesmo sem eu ter citado em momento algum o valor da consulta, isso terminou ficando em segundo plano. Também não mencionei o tempo de experiência de um e nem o do outro. Só destaquei um diferencial que, de forma criativa, o segundo nutricionista estabeleceu em relação ao primeiro. Uma ideia simples, mas decisiva na escolha.
Quantos Pedros, Marianas, Cláudios e Eduardos não têm por aí se perguntando o que fazer para conseguir decolar na carreira? A resposta é fácil: use a criatividade. E como toda boa ideia: quanto mais simples, melhor.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter