terça-feira, 17 de setembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Reclame gera troca de farpas

quarta-feira, 03 de setembro 2008

Imprimir texto A- A+

O discurso de Gony Arruda, porém, não foi bem recebido por todos os “colegas” de Parlamento. O deputado Sérgio Aguiar (PSB) classificou o ato como “eleitoreiro” e pontuou que a tribuna da Assembléia estava sendo usada como palanque positivo para Esmerino e depreciativo para Romeu, o que romperia o acordo feito entre as lideranças partidárias da Casa e Mesa Diretora de que a AL não se envolveria em questões de pleito municipal.

Gony disse que não se tratava de nada pessoal nem de favorecimento de seu pai, porque, se precisasse se valer disso, teria comentado supostas declarações feitas por Sérgio em comícios no Interior afirmando que Esmerino Arruda era um Saddam Hussein cearense. Em outras palavras: um ditador. “Só estou aqui para defender meu pai, que está sendo acusado de um crime”, rebateu.

Sérgio, entretanto, não se deu por satisfeito e disse que hoje Gony acusa Romeu de fraude, mas antes contou com o apoio dele para se tornar deputado. “Ele sempre foi bom para ser seu apoiador, mas agora, em virtude de ter hostilizado seu pai, Vossa Excelência tenta denegrir a imagem dele”, contrapôs.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter