domingo, 25 de agosto de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

“Aniversários” que envergonham

Julieta Brontee

Colunista - + SUPLEMENTOS

sexta-feira, 09 de agosto 2019

Imprimir texto A- A+

Que o Ceará sempre mereceu ser considerado país a fora como a terra da molecagem, isso não tem a menor dúvida. Não é em qualquer estado que a turma de moleques vaia e avacalhou até o Sol e minutos de silêncio nos estádios de futebol. Essa molecagem, entretanto, chega, em certos momentos, a se justificar. Há alguns anos, na Cidade dos Funcionários, um grupo de moradores impacientes, comemoraram festivamente, com bolo de aniversário e sopro de velas, cinco anos de um buraco na Rua Ataulfo Alves, que foi tapado no dia seguinte.
O caso mais recente, foi o do 10º aniversário do malsucedido Acquario do Ceará, produto de um sonho do ex-governador Cid Gomes, e que para muitos dos seus críticos terminou sendo um pesadelo que custou R$ 150 milhões. Por conta disso, foi publicada a foto de um bolo comemorativo. A diferença do buraco da Ataulfo Alves e o Acquario do Dr. Cid, é que, enquanto o problema daquele foi resolvido, o deste parece condenado à casa do sem-jeito…
Os dois exemplos, segundo se comentava nos corredores da Assembleia Legislativa, são bem a amostra do que tem sido feito com o chorado dinheirinho da população. Quando não é o descaso pelos problemas urbanos, que causam desconforto e prejuízos ao povo, é o excesso de imaginação, capaz de criar um projeto que, apesar de belo, é ainda inalcançável para o estado pobre como o Ceará. Este, entretanto, na visão do deputado Heitor Férrer (PSB), é o resultado inevitável da falta de planejamento, assim como de projetos em que não se consultou a população.

SUÍÇA I
O nível da animosidade e desconfiança entre procuradores da Lava Jato e o STF chegou ao ponto do ministro Gilmar Mendes declarar que não se surpreenderia se os procuradores abrissem uma conta na Suíça em seu nome para incriminá-lo.

SUÍÇA II
As declarações do Ministro foram dadas depois de vazarem diálogos do Telegram dos procuradores em tom de deboche insinuando a existência de contas em nome de Gilmar abertas pelo principal operador de propinas do PSDB, conhecido como Paulo Preto. Gilmar tem ligações históricas com o Partido.

MAGOOU
As tentativas do ministro Sérgio Moro de reverter a decisão de Dias Toffoli que proibiu o compartilhamento de dados financeiros pelo COAF, sem decisão judicial foi encarada como traição por Bolsonaro. É que a medida determinada por Toffoli beneficiou diretamente o filho presidencial Flávio.

MARIA DA PENHA I
Na última quarta-feira, 7, comemorou-se os 13 anos de vigência da Lei Maria da Penha, que leva o nome da cearense Maria da Penha Maia Fernandes. Vítima de violência doméstica, por 23 anos, ela levou as omissões das autoridades brasileiras aos tribunais internacionais, tornando-se um ícone do combate a esse tipo de violência contra as mulheres.

MARIA DA PENHA II
Passados 13 anos de sua vigência, muitos aspectos da Lei são ignorados por quem deveria lhe dar efetividade. Das quase 500 delegacias da mulher no país, apenas 21 oferecem o serviço 24 horas.

BOLSORACISMO
Até quando tenta ser simpático com os nordestinos, Bolsonaro exala preconceito. Disse que para tornar-se um de nós só falta crescer a cabeça.

HERÓICO HUWC
O hospital Universitário Walter Cantídio, que tem sido um dos mais prejudicados pela crise da saúde do país, simplesmente não se entrega. Agora, anuncia para o dia 22 a realização do maior mutirão da sua história, quando vão entrar em ação 170 profissionais, com o de realizar 2.040 procedimentos médicos, incluindo cirurgias e consultas. Assim, manda às favas os seus “déficits”.

TRISTE FAMA
Na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Renato Roseno, do PSOL, destacou sob vários aspectos a triste fama do nosso estado do Ceará nos levantamentos a respeito dos crimes de feminicídio, onde tem se destacado a  região do Cariri, a mais importante economicamente. Para ele, ainda não foram tomadas as devidas providência, para tirar o Estado desse lamentável rol, que nos envergonha.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter