28 C°

segunda-feira, 20 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Brasil de falsas reformas

Mais informações de Fernando Maia: e-mail: fernandomaia@oestadoce.com.br blogdofernandomaia.zip.net

Fernando Maia

Colunista - Política

terça-feira, 14 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Sem as reformas que a economia está a exigir, o País poderá mergulhar num ameaçador caos fiscal. A advertência é de economistas tidos como cérebros de “juristas” bancários. Quanto a nós, olhamos eles trabalharem os números e vamos pagar a conta.

Não é necessário ser versado em economia para concluir que estamos caminhando para a insolvência. Está fresca na memória a monumental enganação que foi uma tal reforma política, castrada e descaracterizada, depois de décadas de debates e reduzida a zero por políticos em defesa de suas reeleições.

A reforma da educação não passou de mexidas em velhos livros do ensino do médio. A reforma do trabalho, em início de validade, só tem causado atritos na Justiça. Reforma fiscal e reforma tributária nem pensar. Quanto à da previdência, já totalmente desfigurada, terminará transformada em guardanapo de taverna, onde os que já deram o que tinham de dar, se encontrarão para beber e chorar mágoas. O Governo fala em reformas, mas não diz como elas se processarão. Só diz que são necessárias, essenciais e inadiáveis.

Mas, prestem bem atenção. – As reformas que o Governo pretende vai mexer em todos os setores institucionais do País. Atingirá os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Além de uma revisão da lei eleitoral e da votação da lei dos partidos. Agora, visto tudo, cabe indagar aos que se desdobram para desmoralizar essa polêmica: esse congresso que aí está terá força moral para legitimar o que eles tornaram ilegítimo e imoral?

Não é candidato Além de achar inadequada a hora para nomes à sucessão estadual, o CEO do Grupo M. Dias Branco, Geraldo Luciano, nega interesse em disputar o Governo e afirma que a função para a qual foi eleito, ou seja, de segundo vice-presidente regional do PSDB, é apenas de caráter administrativo.

Travessia Mas o que, finalmente, quer o senhor Geraldo Luciano em questão? Participar para se lançar futuramente ou apenas faz a travessia do nada para o coisa nenhuma…

Entendimentos Dedicado a assuntos administrativos do PSDB, Geraldo Luciano deverá ter, esta semana, uma conversa com o deputado Capitão Wagner (PR), uma das opções da oposição quando se quer viajar na maionese do infinito.

Pacificação Deu na “Folha”: FHC vai se reunir, nos EUA, com o senador Tasso Jereissati, a quem pedirá para desistir da disputa pela presidência do partido, em favor do governador Geraldo Alkmin. E quem vai reparar a humilhação que o Galeguinho passou???

Não merecia O deputado Danilo Forte foi o único parlamentar da nossa representação a fazer a defesa do senador Tasso Jereissati. Os tucanos do Ceará perderam a língua diante da ameaça consolidada de Aécio Neves. Tasso não merecia ser demitido por um corrupto “ensapatado”.

outros destaques >>

Facebook

Twitter