terça-feira, 18 de dezembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Campeões festejam temporada 2018 do Cearense de Rally

Lauriberto Braga

Colunista - Esportes

quarta-feira, 05 de dezembro 2018

Imprimir texto A- A+

Etapa decisiva e disputada definiu os campeões da temporada 2018 do Cearense de Rally 2018 (foto Freire Neto). Foram 230 quilômetros de trilhas pelos desafios e obstáculos das regiões entre Beberibe e Cascavel, pelo litoral do sol nascente cearense. A largada aconteceu na Cervejaria Devassa no Reserva Open Mall. Cerca de 100 competidores marcaram presença na última etapa do Campeonato Cearense de Rally (CCR 2018) divididos nas categorias moto, quadriciclos, UTVs e carros 4×4. Paulo Renato e o navegador Thiago Feitosa foram os maiores pontuadores entre os competidores da Graduados, piloto e navegador respectivamente, com 228 pontos. “Foi uma etapa completa e muito disputada. Foram vários balaios e pegadinhas para definir os melhores. Dever cumprido e vamos pra 2019”, comentou o diretor de prova, Rogério Almeida.  Na Turismo, o piloto Cláudio Ferreira e o navegador Helio Pessoa foram mais regulares o ano todo, 209 pontos conquistados após seis etapas. O Campeonato Cearense de Rally 2018 é válido pela Copa Nordeste de Rally.

MÃE E FILHO DOMINAM ESTREANTES – Desde a primeira etapa, uma dupla chamou atenção de todos na categoria carros estreantes: a mãe Mônica Lustosa Rabelo e o filho Rafael Lustosa Rabelo. E o entendimento deu certo e os dois festejaram muito o título da temporada 2018. Agora é partir para os desafios da categoria Turismo. “Deu tudo certo. Importante dizer que a mulher deve estar aonde ela quiser estar”, ressaltou Mônica, que é casada com o experiente piloto Charles Rabelo.

No CCR 2018, navegador e piloto têm pontuação individual, já que ambos podem optar por mudar de dupla durante a competição e para evitar perda de pontos com a ausênciad eum ou outro. Quadricilos e motos Entre as motos, o campeão foi Sávio Azevedo com 225 pontos, apenas 3 a mais do que o segundo colocado, Dardanio Geroge, 222. “As duas últimas provas foram bem difíceis. Muito bacana. E que em 2019 mais motociclistas de off road venham para o rally de regularidade”, comentou Sávio, que assumiu a presidência da Federação Cearense de Motociclismo.

Já entre os quadriciclos, Ítalo Santiago foi absoluto durante todo o ano, somando 247 pontos, não perdendno nenhuma etapa de 2018. Wescley Ferreira terminou em segundo na competição, com 137 pontos, em um ano especial. “Venci o Cerapió, Sertões, cheguei em segundo no RN 1500 e agora no Cearense de rally. Foi um ano muito bom”, comentou. UTV’S Pelas trilhas das duas provas da última etapa de 2018, a disputa foi muito intensa entre os UTV’s – os veículos utilitários que é uma verdadeira sensação no rally brasileiro. Uma espécie de “Buggy” 4×4 com várias configurações (2 e 4 lugares) e motorizações, até 1000cc. entre os graduados, o piloto Armando Bispo garantiu o bicampeonato, ao lado do seu navegador Paulo Henrique. Entre os estreantes da categoria UTV no Rally de regularidade cearense, Felype Leitão levou a melhor contra Ivan Viana, nos critérios de desempate – ambos pilots terminaram o ano com 225 pontos.

Gabriel Santos foi o navegador campeão com 226 pontos, 1 a mais do que George Araújo Filho. A PROVA A etapa decisiva do Cearense 2018 foi realizada pelas trilhas entre carnaubais das cidades de Cascavel e Beberibe. Muitas mudanças de direção, médias justas e os famosos “balaios” deram o tom das duas provas de primeiro de dezembro. Piloto e navegador precisavam de muita concetração para não perder a referência e errar os caminhos definidos pela planilha. No meio da prova, por volta de 12 horas, uma chuva “temperou” ainda mais as disputadas e as pegadinhas ficaram ainda mais interessantes no ” Balaio do Barreiro”. Após 6 horas de prova, todos os competidores e a organização realizaram a confraternização de 2018 na Cervejaria Devassa, futura Base Sul, no Shopping Reserva Open Mall (Avenida Washington Soares, 3000).

“Dever cumprido. Agora é tratar da sucessão na próxima reunião e planejar 2019 e o pIocerá. Quero agradecer a todos os pilotos, navegadores e nossos patrocinadores e apoiadores que tornaram a temporada 2018 viável”, agradeceu o emocionado Aristoteles Fiuza Filho, presidente da Associação Cearense de Pilotos e Navegadores – ACPN. O Campeonato Cearense de Rally 2018 é válido epla Copa Nordete de Rally e tem o patrocínio do Governo do Estado do Ceará e da Devassa Cervejaria Fortaleza (Futura Base Sul), Concessionária Silcar Chevrolet, Troller, All Loc; e conta com o apoio de LeyColchões, Santa Helena Veículos, Barbearia Salvatore, Lobisomens Rally Team, SFICHIPS, Ary Reboque, Piocerá e Plurágua.

Resultado da Sexta Etapa 2018

Carros Graduados

1 – Paulo Renato / Thiago Feitosa

2 – Walter Fonseca / Francisco Claudio

3 – Aristoteles Filho / Aristoteles Fiuza

4 – Rodrigo Camurça / Leonardo Ponte

5 – Márcio Botelho / Jean Paul

Carros Turismo

1 – Walter Martins Neto/Ivanildo de Oliveira

2 – Claudio Ferreira/Helio Pessoa

3 – Márcio Assunção/Davi Pinheiro

4 – Ronaldo Cabral/Denise de Pontes Vieira

5 – Darlot Lima/Flávio Augusto Morais

Carros Estreantes

1 – Ricardo Alan de Oliveira/André Luiz

2 – José Bezerra/Marcus Vinícius

3 – Adriano Santos/Alan Freitas

4 – Cláudio Damasceno/Jarbel Rodrigues

5 – Anderson Rocha/Andrey Maia

Quadriciclos

1 – Wescley Ferreira

2 – Italo Santiago

3 – José Demontier

4 – Robero Sávio Gomes

UTV Graduados

1 – Álamo Costa/Paulo Afonso Medina

2 – Rufino Neto/Fábio Machado

3 – Armando Bispo/Paulo Henrique

4 – Ivano Queiroz/Leonardo Lenine

UTV Estreante

1 – Felype Leitão/George Luís Martins

2 – Ivan Viana/Guilherme Holanda

3 – Alex Santos/Gabriel Santos

4 – Marcelo Assef /Justo Moraes

5 – Igor Queiroz/Rafael Pontes

Campeões CCR 2018 – TEMPORADA 2018 (6 etapas e 12 provas)

Carros Graduados Piloto

1 – Paulo Renato – 228

2 – Fernando Gomes – 195

3 – Aristoteles Filho – 188

4 – Paulo Rogério Coelho – 159

5 – Charles Nobre – 130

Navegador

1 – Thiago Feitosa – 228

2 – Amarino Duarte – 195

3 – Jean Paul – 139

4 – Renan Fernandes – 130

5 – Humberto Neto – 121

Carros Turismo

1 – Claudio Ferreira – 209

2 – Walter Martins Neto – 204

3 – Francisco Rabelo – 162

4 – Darlot Lima – 160

5 – Marci Assunção – 152

Navegador

1 – Helio Pessoa – 209

2 – Ivanildo de Oliveira – 204

3 – Daniel Ximenes – 162

4 – Flávio Ferreira – 160

5 – Davi Pinheiro – 152

Carros Estreantes

1 – Mônica Lustosa Rabelo – 212 pontos

2 – José Bezerra – 190

3 – Anderson Rocha Lima – 165

4 – Ricardo de Oliveira Monteiro – 155

5 – Felipe Albuquerque – 128

Navegador

1 – Rafael Lustosa Rabelo – 212 pontos

2 – Marcus Vinícius – 190

3 – Andrey Maia – 165

4 – André Luiz – 131

5 – Mônica Amaral Farias – 128

Quadriciclos

1 – Italo Santiago – 247 pontos

2 – Wescley Ferreira – 137

3 – Demontier Moura – 128

4 – Robero Sávio Gomes – 107

5 – Victor Vinicius Farias – 44

Motos

1 – Sávio Azevedo – 225 pontos

2 – Dardanio George – 222

3 – Antonio Moreira Mota Jr – 198

4 – Alfredo Carneiro – 130

5 – Bruno Nepomuceno Rocha – 115

UTV Graduados

1 – Armando Bispo – 232 pontos

2 – Álamo Costa – 219

3 – Ivano Queiroz – 210

4 – Rufino Neto – 125

5 – Igor Martins – 80

Navegador

1 – Paulo Henrique – 232 pontos

2 – Paulo Afonso Medina – 219

3 – Leonardo Lenine – 210

4 – Fábio Machado – 203

5 – Pedro Rafael Lima Gomes – 46

UTV Estreante

1 – Felype Leitão – 225 pontos

2 – Ivan Viana – 225

3 – Alex Santos Souza – 172

4 – Felipe Colares – 92

5 – Ruan Pablo Holanda – 82

Navegador

1 – Gabriel Santos – 226 pontos

2 – George Martins Araújo Filho – 225

3 – Guilherme Holanda – 185

4 – Justo Moraes – 108

5 – Alencastro Holanda Ferreira Júnior – 82

Mais conteúdo sobre:

Rally

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter