domingo, 16 de junho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Cobranças e promessa de solução

Macário Batista

Colunista - Política

quarta-feira, 29 de maio 2019

Imprimir texto A- A+

 

Deputados e vereadores foram ao meio fio em seus respectivos púlpitos, pedir e cobrar do governador Camilo Santana, do Ceará, a nomeação de aprovados em concurso para o Corpo de Bombeiros do Estado. O medo, apesar de uma primeira turma haver sido convocada, é que o concurso caduque em julho, mas que poderá ter sua data de validade renovada. Outro discurso, este do correto deputado Renato Rozeno, pediu a Camilo a nomeação de aprovados em diversas outras seleções realizadas no Estado, além de pedir reajuste aos servidores estaduais atuais. Para Júlio César Filho, líder do Governo na Assembleia, a demora para nomear é uma questão de responsabilidade por parte do governador Camilo Santana. “Nós estamos vivenciando hoje, em todo o Brasil, uma incerteza econômica, estamos tendo uma grande queda na arrecadação do Estado do Ceará, que não é diferente dos demais estados da nossa Federação. Diante disto, o governador tem que ter responsabilidade de saber que se nomear novos servidores, ele vai poder manter justamente o pagamento dos salários.

Cadeiras na calçada. O Batalhão Raio foi pro Icó. O Icó estava tomado de bandidos de toda qualidade. O Raio chegou e botou moral. O esforço da Prefeitura em dar condições para o quartel funcionar foi enorme diante dos poucos recursos e dificuldades administrativas. Mas deu certo. Tão certo que as cadeiras voltaram às calçadas do tricentenário Icó.

Meninas de programa
A Comissão de Viação e Transportes realiza audiência pública nesta quarta-feira (29) para discutir como combater a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais. Na Câmara dos Deputados.
Primeirão até
no ruim
Segundo o mapeamento da PRF, o Ceará tem 81 pontos críticos de exploração sexual de crianças e adolescentes em rodovias federais, sendo o Estado com maior número de locais utilizados para esse tipo de crime em beira de estradas federais.
Antes de arrumir
O assuminte secretário de Planejamento e Gestão, Mauro Filho, declarou, na semana, que vai fazer economia, já, já, de um bilhão de reais nos cofres do Ceará. Anuncia reduzir gastos em terceirização, passagens aéreas e contratos de gestão e consultorias.
E mais…
Fala que as medidas transformadas em números podem resultar na redução de despesas, em um ano, em R$ 1 bilhão e, ao mesmo tempo, aumento de arrecadação em R$ 1 bilhão. Menos um, mais um seria igual a dois?
Aguardando
Espera-se que chegue hoje ao Congresso Nacional a publicação no Diário Oficial do Ceará da posse de Mauro Filho na Secretaria de Planejamento e Gestão, abrindo a vaga para a posse de Anibal Gomes na Câmara dos Deputados. Não pode ficar lá e cá.
Novidade
O Governo lançou o Observatório do Federalismo Brasileiro, para acompanhar e analisar, de forma sistemática, as repercussões econômicas e sociais no Estado nas mudanças nas áreas fiscal, social e tributária no âmbito do Congresso Nacional e Executivo da União.
O dia hoje
Hoje é 29, dia de inhoque da sorte.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter