segunda-feira, 25 de março de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Comissões mais importantes serão do governo

Cláudio Humberto

Colunista - Geral

segunda-feira, 04 de fevereiro 2019

Imprimir texto A- A+

Cargo de muita responsabilidade, parte da meta da bancada feminina
Deputada Soraya Santos (PR-RJ), sobre ser a primeira mulher a ocupar a primeira secretaria

Mais que maioria no plenário, o blocão do governo Bolsonaro garantiu as nove primeiras escolhas para as presidências das comissões permanentes na Câmara dos Deputados, as mais importantes. O comando da Comissão Constituição e Justiça faz “andar” ou “travar” projetos como a reforma da Previdência. Governistas terão também comissões que cuidam de orçamento, economia, infraestrutura etc.

Despetização
Outras comissões, como Educação e Direitos Humanos, serão – como define o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) – “despetizadas”.

Sobrando
Com 301 deputados de 11 partidos, o blocão terá direito, além das nove primeiras escolhas, a outras cinco comissões.

Nova força
Liderado pelo PDT, o segundo bloco mais numeroso (105 deputados) terá direito a cinco comissões, mas a primeira escolha é só a décima.

Partido mínimo
O PT, que cantou de galo no poder durante mais de uma década, agora terá cinco comissões, mas ficou atrás de PDT e PCdoB nas escolhas.

Estrutura
Além dos parques temáticos, está prevista também a construção de hotéis e restaurantes nas áreas do empreendimento.

Contrapartidas
O Governo se comprometerá com infraestrutura adequada, além de transporte público de qualidade ligando o aeroporto ao parque.

Polo de Cinema
O governo pretende disponibilizar para o investimento da Disney, em princípio, uma área de 800 hectares próxima do Polo de Cinema.

Parque memorial
O Brasil deveria plantar milhares de árvores em toda a área coberta pela lama assassina da Vale, tornando-a um parque memorial. E tocar a Vale com seus bilhões para fora. Para dentro, só se for da cadeia.

Proeza e leviandade
O governo do Espírito Santo divulga que, em 2018, gastou menos do que arrecadou. A proeza capixaba contrasta com o ex-governo do Distrito Federal, que no mesmo ano de 2018 deixou um rombo superior a R$ 7,8 bilhões.

PT parece ‘nanico’
A eleição para presidente e demais cargos da Câmara evidenciou o declínio do poder petista PT no Legislativo. O partido conseguiu emplacar apenas uma suplência nos cargos da mesa diretora.

Recado dado
Do hospital, Jair Bolsonaro parabenizou Rodrigo Maia pela vitória na Câmara dos Deputados e passou o recado: espera a retribuição do apoio do PSL para que ele conduza os “projetos que o brasileiro tanto almeja”.

Quebrou o esquema
Reeleito presidente da Câmara, Rodrigo Maia, (DEM-RJ) convocou a sessão deliberativa para terça-feira (5), mas deu a má notícia de que não haverá folga. “Lembro que há sessão do Congresso segunda-feira, às 15 horas”.

É pra já
Líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), prevê rapidez na tramitação da reforma da Previdência após a reeleição de Rodrigo Maia (DEM). “Esperamos que seja até o fim de fevereiro”, disse.

Recorde de mulheres
Apesar das reclamações da oposição, são mulheres 15% (ou 77, no total) dos deputados federais que tomaram posse do mandato. É o recorde desde a redemocratização.

Primeira mulher
Grande surpresa da noite de sexta-feira (1º), a deputada Soraya Santos (PR) venceu a disputa como candidata avulsa à primeira-secretaria da Câmara. É a primeira a ocupar o cargo.

Pergunta na lama
Até quando as autoridades policiais e o MP vão engolir as desculpas esfarrapadas da diretoria da Vale?

Nomeado ministro da Fazenda de Itamar Franco, o pernambucano Gustavo Krause encontrou Miguel Arraes (PSB-PE) no dia da posse, no Planalto. Foi logo cochichando: “Vamos precisar de todo o apoio do partido…”. O agnóstico Arraes puxou uma baforada do seu cachimbo, olhou fixamente para o ex-prefeito do Recife, PFL histórico, e devolveu: “Gustavo, o que posso fazer é rezar por você…”

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter