segunda-feira, 19 de agosto de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Duelo de boquirrotos

Fernando Maia

Colunista - Política

quinta-feira, 01 de agosto 2019

Imprimir texto A- A+

 

Faz parte da cultura popular dito de que “se expressa melhor quem fica calado”. Há muitos exemplos. Segundo Lucas, no Novo Testamento, um homem justo chamado Zacarias, esposo de Isabel e tio de Maria, gravidez de sua idosa esposa, foi castigado com a mudez até o nascimento do filho, João Batista. Na Inglaterra, outra figura respeitável, o rei Jorge VII, praticamente permaneceu mudo durante parte do seu reinado. Motivo: temia gaguejar ao discursar. Em 1945, o general Dutra, eleito presidente do Brasil, muito pouco falava, discursava ou fazia pronunciamentos. Para ele “conversar não é governar”. Hoje, novos personagens da História atual bem que poderiam permanecer silentes, para o bem dos seus próprios governos e governantes. Falamos de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e Bolsonaro, presidente do Brasil. Quem tem acompanhado o que dizem esses dois governantes, tem a impressão de que ambos se expressam sem raciocinar. Trump, em seu desbocamento, é uma ameaça à paz mundial. Bolsonaro, se não parar de falar intempestivamente, destruirá a paz política do Brasil.

Melhor candidato. O vereador Guilherme Sampaio corresponde à expectativa de que deve ser ele o presidente da executiva municipal do PT. Se identifica com o espírito de resistência para devolver à legenda o seu histórico de lutas e glórias. Do seu programa, consta um novo ciclo de ideias para vencer os desafios contemporâneos. O cara tem conteúdo e sabe como fazer.

Ameaça à educação. A coruja saiu do ninho. Na condição de presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Queiroz Filho articula a criação da Frente Parlamentar do Fundeb. O mal é que ele começa, mas não termina, por falar mal, não explicita bem as suas ideias.
Apelo partidário. As metas de Guilherme Sampaio para presidir o PT de Fortaleza são ambiciosas e tem forte apelo partidário. Não será candidato de grupos ou falanges e ninguém vai mandar nele. Quer o PT unido, com decisões do conselho partidário votando democraticamente as mudanças que virão.
E o Estado?. Preocupa os pedetistas desde já, a sucessão estadual de 2022. O PT, por ter o governador filiado, se julga dono do poder” e vai querer ali continuar. Como Camilo é o único petista em quem os irmãos Ciro e Cid Gomes confiam, o lógico seria um pedetista para governador e um petista na vice.
Protagonismo. Advertência de petista, – Jamais qualquer político abrirá mão do poder para entregá-lo a aliados. Se quisermos a cabeça de chapa, devemos assumir o protagonismo dos acontecimentos, e não agir como eternos coadjuvantes. (Luizianne Lins)
Eunício absolvido. Em decisão unânime, o TRE julgou improcedentes denúncias de irregularidades na doação de R$ 600 mil do então senador Eunício Oliveira para a reeleição do governador Camilo Santana, a maior daquela campanha.
E a ponte?. Comerciantes, ambulantes, hoteleiros e donos de barracas unem-se em ação de protesto contra a demora na reforma, quase reconstrução da Ponte dos Ingleses. Trata-se de um dos maiores atrativos da orla e cuja reinauguração já demora mais de um ano e meio. Só que a PMF alega que a “nova ponte” ainda se acha em fase de projeto. E haja perdas para todos!
Janaína, a quente!. Janaína Paschoal, que “incendiou” o “impeachment” da presidente Dilma retorna ao debate político com proposta igualmente incendiária. O pedido de “impeachment” para o ministro Tóffoli, presidente do STF, devido à “novela” do Coaf…

“Se a Justiça conseguir anular todos os atos de nepotismo no interior, muitos prefeitos serão abandonados pelos próprios parentes”. Ex-deputado federal Iranildo Pereira.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter