terça-feira, 16 de julho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Duelos estéreis

Fernando Maia

Colunista - Política

quinta-feira, 04 de julho 2019

Imprimir texto A- A+

Jornalistas que cobriram os confrontos entre deputados e senadores da esquerda e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, fazem advertências sobre o que poderão resultar tais duelos. Entre os profissionais que abrem os olhos do PT, e partidos-satélites que giram no seu entorno, está Josias de Souza, com vasta quilometragem. Para ele, petistas e aliados não conseguem enxergar que dos ataques dentro e fora do Senado e Câmara, os resultados serão ZERO no campo jurídico. Já no campo político, quanto mais Sérgio Moro é atacado, mais ele cresce junto às pessoas simples como pré-candidato em potencial à sucessão do presidente Jair Bolsonaro. Isso, segundo Josias, para as pessoas que têm acompanhado a luta de Moro à frente da Lava Jato e no Ministério da Justiça, não tem a mínima importância o que tem sido divulgado pelo “Intercept”. O jornalista aconselha os petistas e parceiros a sondar o que se comenta nos restaurantes, bares e ruas para saberem que perdem tempo contra quem agiu dentro da lei.

 

Supersecretário. As mais recentes medidas do Palácio da Abolição deixam evidente a intenção do governador Camilo Santana em prestigiar o secretário Mauro Filho, fortalecendo a Seplan comandada por ele. Mauro está sendo preparado para outros desafios, é o que se comenta. Deve figurar entre os nomes que concorrerão a sucessão estadual. E com justiça, é o homem mais preparado para governar o Ceará. Sabe tudo.

Tem gente enganando. O deputado Heitor Férrer (SD) pode até cometer excessos em suas críticas a determinadas situações. Mas, em certos casos, ele não deixa de estar certo. É o que ocorre em relação à transposição das águas do São Francisco para o Ceará. Para ele, tem gente enganando os cearenses.

Atendimento só amanhã. Deputados que foram ontem conversar com o secretário da Saúde saíram frustrados. O Doutor Cabeto agiu com pragmatismo medico e suficiente respaldo político. A Doutora Silvana e Marcos Sobreira não foram atendidos de imediato, mas receberam promessa para o amanhã. E só.

Mercosul. Adiantando as discussões do Acordo Mercosul-União Europeia, Tasso Jereissati vai promover audiência públic,a na Comissão de Assuntos Econômicos, do Senado, que ele preside. Ele considera esse acordo fundamental para o equilíbrio econômico e financeiro do País.

CIC centenário. Nesta quinta-feira (4), no plenário da AL-CE, por iniciativa do deputado Evandro Leitão haverá sessão solene comemorativa dos 100 anos de fundação do Centro Industrial do Ceará. Serão homenageados ex-presidentes, incluindo o senador Tasso Jereissati, que partiu do CIC para se tonar governador.

Regime. Enquanto oposicionistas menos atentos insistem em brigar contra a reforma da previdência, os mais espertos agem em sentido contrário, conseguindo a liberação de recursos para suas bases. Quem insistir em sabotar a reforma terá regime de pão e água.

Grana para o Ceará. O Ceará está entre os seis estados que participarão do bolo de R$ 487,8 milhões para projetos de saneamento básico com 35 municípios considerados prioritários, o que não é nada na nossa realidade. Segundo Salmito Filho, a verdade é que são poucas as cidades do Interior com saneamento.

 

“Ninguém duvide que chegará o dia em que os grandes partidos se não se cuidarem, serão tragados por avalanches de partidinhos sem expressão”. Parsifal Barroso (1913-1986), governador do Ceará, senador e Ministro do Trabalho e professor.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter