quarta-feira, 26 de junho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Fortaleza perde para o Flamengo

Lauriberto Braga

Colunista - Esportes

sábado, 01 de junho 2019

Imprimir texto A- A+

A tarde foi de Gabriel Barbosa (Gabigol) no Rio de Janeiro! Flamengo e Fortaleza (foto Alexandre Vidal-Flamengo) se enfrentaram neste sábado (1) pela sétima rodada do Brasileirão Série A. Melhor para o Rubro-Negro, que contou com dois gols do camisa 9 no triunfo por 2 a 0 sobre o campeão do Nordeste 2019, no Nilton Santos (Engenhão). O resultado coloca o Flamengo provisoriamente na vice-liderança da Série A com 13 pontos. O Fortaleza ocupa a 14ª posição com sete pontos e saldo negativo de cinco pontos. Foi a quarta derrota em sete jogos. Este foi o 17º jogo Fortaleza x Flamengo. O Flamengo ganhou dez vezes, empatou dois e perdeu cinco. Marcou 38 gols e levou 18.

O Flamengo foi melhor na etapa inicial. As tramas entre Arrascaeta, Diego e Everton Ribeiro atormentaram a defesa do Fortaleza. E foi em uma dessas triangulações que o Fla abriu o placar: aos 39 minutos, o trio fez ótima jogada na entrada da área, Arrascaeta tocou de primeira para Everton. O camisa 7 devolveu de letra para o Uruguaio, que tocou para Gabigol e, sem goleiro, o camisa 9 apenas empurrou para o fundo da rede. Antes disso, aos 31, Diego acertou o travessão do Tricolor em cobrança de falta. O escape do Fortaleza, ainda nos primeiros 25 minutos, era na base dos contra-ataques, obrigando Diego Alves a praticar pelo menos duas defesas. O Rubro-Negro foi para o intervalo com 63,4% de posse de bola e sete finalizações, contra dois chutes a gol do time de Rogério Ceni.

O início da segunda etapa foi ainda mais movimentado. O Flamengo quase ampliou antes dos cinco minutos. O Tricolor, por sua vez, só não empatou aos oito porque Diego Alves fez verdadeiro milagre ao defender cabeceio de Marcinho à queima roupa. Mas os jogadores de ataque do Fla estavam impossíveis. Aos 24 minutos, Arrascaeta deu passe açucarado para Gabigol, que saiu cara a cara com Boeck e fez mais um. No decorrer da partida, o Fla tirou um pouco o pé do acelerador e confirmou o quarto triunfo no Brasileirão 2019.

Flamengo: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Trauco; Willian Arão, Cuéllar (Piris da Motta), Diego (Berrio) e De Arrascaeta; Gabriel Barbosa e Everton Ribeiro (Vitinho) – Treinador: Marcelos Salles. Cartão amarelo: Léo Duarte.
Fortaleza: Marcelo Boeck; Gabriel Dias, Juan Quintero, Róger Carvalho e Bruno Melo; Paulo Roberto (Dodô), Juninho Baiano, Romarinho e Marcinho (Marlon); André Luís (Osvaldo) e Kieza – Treinador: Rogério Ceni.
Renda de R$ 458.146,00 para 37.658 pessoas, sendo 35.725 pagantes e 1.933 não pagantes.
CAMISA – “O goleiro do Fortaleza atuou na partida com uniforme na sua totalidade amarelo, quando deveria atuar de laranja em sua totalidade, contrariando assim, o pré determinado pelo departamento de competições da CBF, tendo a equipe de arbitragem, sido informada pelo gerente de futebol do clube, senhor Sérgio Papelin, que o motivo era em razão do uniforme laranja não conter o patrocinador”, relatou na súmula o árbitro Rodrigo D’alonso (SC).
CLASSIFICAÇÃO
  1. Palmeiras – 13.
  2. Flamengo – 13.
  3. Atlético Mineiro – 12.
  4. Corinthians – 11.
  5. São Paulo – 11.
  6. Santos – 11.
  7. Internacional – 10.
  8. Bahia – 10.
  9. Ceará – 9.
  10. Goiás – 9.
  11. Botafogo – 9.
  12. Athletico Paranaense – 7.
  13. Chapecoense – 7.
  14. Fortaleza – 7.
  15. Fluminense – 6.
  16. Cruzeiro – 6.
  17. CSA – 6.
  18. Grêmio – 5.
  19. Avaí – 3.
  20. Vasco – 3.

Mais conteúdo sobre:

Brasileirão 2019

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter