30 C°

sábado, 21 de outubro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Guru do marketing digital fala na Fiesp sobre indústria 4.0

Sunil Gupta, da Harvard Business School, vem pela primeira vez ao Brasil

Daniel Negreiros

Colunista - Viver

sexta-feira, 31 de março 2017

Imprimir texto A- A+

Indústria 4.0, como está sendo tratada esta questão no Brasil? Numa era em que as ferramentas digitais integram todas as etapas da produção nas fábricas, permitindo a automação e a integração dos processos de modo nunca visto antes, quais serão os nossos desafios? Como ficarão os empregos no país? E a formação profissional? Para responder essas e outras perguntas, o especialista Sunil Gupta, considerado o guru do marketing digital, participará de evento na Fiesp, na próxima quarta-feira (5/4), a partir das 10h.

Esta é a primeira vez que Gupta vem ao Brasil e à América do Sul para discutir de forma ampla “A indústria na era digital”. Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp, empresários, autoridades e empreendedores participarão do debate. “Considerada a quarta revolução industrial, a indústria 4.0 lança mudanças significativas na forma de pensar das empresas, na busca por conhecimentos e estratégias de produção e vendas. Cada vez mais, as empresas precisam estar preparadas para conviver com tecnologias como inteligência artificial, robótica, nanotecnologia, impressão 3D e biotecnologia”, afirma Skaf.

O guru desembarcará em São Paulo, no dia 3 de abril, e nesse mesmo dia fará uma visita a uma escola de Mecatrônica do Senai, em São Caetano, onde foi montada uma planta modelo da indústria 4.0. Gupta também é diretor do programa de gestão geral da Harvard Business School e co-presidente do programa executivo para a condução da estratégia digital e social e bacharel em engenharia mecânica pelo Instituto de Tecnologia da Índia, MBA pelo instituto indiano de administração e PhD pela Universidade de Columbia.

Com olhar no futuro

A indústria 4.0, na qual ferramentas digitais integram todas as etapas da produção, permitindo a automação e a integração de modo nunca visto antes, pede trabalhadores flexíveis, qualificados e, principalmente, abertos a novos aprendizados o tempo todo. Com a implantação desse novo modelo os bancos de dados de todas as plantas industriais podem ser acessados a qualquer hora, de qualquer ponto, com isso a formação profissional na área também precisa mudar, se adaptar.

E é com esse olhar no futuro que o Senai–SP está trabalhando. Desde o ano passado a instituição tem um curso de pós-graduação em Indústria 4.0 na Escola Senai Armando de Arruda Pereira, em São Caetano do Sul. Nela os alunos têm aulas práticas em uma planta construída segundo esse conceito. O objetivo é estar no centro da discussão desse processo de mudança e o curso ser referência no Brasil.

Atualizado por Daniel Negreiros
negreiros@oestadoce.com.br

Mais conteúdo sobre:

Indústria Marketing Digital Fiesp Sunil Gupta

outros destaques >>

Facebook

Twitter