quarta-feira, 16 de janeiro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Jucá emplaca protegido no governo Bolsonaro

Cláudio Humberto

Colunista - Geral

segunda-feira, 24 de dezembro 2018

Imprimir texto A- A+
Com a alma leve
Presidente Michel Temer, dizendo como se sente ao final do mandato
Chefe da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) por indicação do seu padrinho e senador Romero Jucá (MDB-RR), Sidrack de Oliveira Correia, enviou mensagem aos superintendentes regionais garantindo ter sido confirmado no cargo durante o governo de Jair Bolsonaro (PSL). O apadrinhado de Jucá poderá, assim, operacionalizar a venda futura dos imóveis da União, avaliados em cerca de R$ 800 bilhões.
Maior da História
A venda, ao menos parcial, de imóveis da União é uma das possibilidades avaliadas pela equipe econômica de Bolsonaro.
Quase 1 trilhão
O valor de todos os imóveis da União é comparável apenas àquele montante que seria obtido com a exploração de todo o pré-sal.
Digitais de Jucá
O Gabinete de Transição desconhece qualquer entendimento de Jucá com o futuro governo, mas a presença de Sidrack sugere o contrário.
Estranhos votos
Na mensagem, por WhatsApp, aos subordinados, o chefe da SPU diz um “fica (sic) com Deus” e pede “sangue nos olhos e faca nos dentes”.
Onde há fumaça…
A ANTT mandou suspender a licitação em razão das irregularidades apontadas na medida cautelar do ministro Bruno Dantas.
ANTT não corrigiu
Apesar de ter suspendido a disputa e reescrito partes da licitação, a ANTT persistiu no erro, sem corrigir os problemas apontados.
Irregularidades a granel
O TCU viu indícios de irregularidades na modalidade de licitação, na nota da proposta técnica e na nota da proposta de preços.
STF não vai apurar?
O Supremo Tribunal Federal (STF) ainda deve explicações sobre o vazamento da notícia sobre a ordem assinada pelo ministro Luiz Fux, que permitiu a fuga do terrorista Cesar Battisti. A decisão chegou primeiro à imprensa e só depois à Polícia Federal. Muito estranho.
Em campanha
Candidato à presidência da Câmara, o deputado João Campos (PRB-GO) se posiciona como a antítese do atual ocupante do cargo, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Inclusive ao cumprimentar cada servidor que encontra.
Procure outra
A Latam extraviou a mala de um leitor que se viu em Paris, no frio, sem roupas para trocar. Foi devolvida em Brasília 25 dias depois, sem explicações, desculpas, nada. E um par de tênis foi furtado.
Do seu bolso
O saldo da tarifa de contingência, cobrada durante os oito meses da crise hídrica no DF, foi de R$ 82 milhões. Do total, R$ 78 milhões foram arrecadados e R$ 4 milhões provenientes de aplicações, diz a Adasa.
Promessa vã
Rodrigo Maia teria assumido compromisso com a “Polícia Legislativa” de mudar a carreira, que hoje é de ensino médio, para ensino superior, sem concurso. A não ser que Maia mude a Constituição, isso não pode.
Rubinho… em quinto
Apesar de estar aposentado da Fórmula um há mais de seis anos. Rubens “Rubinho” Barrichello é o quinto meme mais procurado no Google, em Brasília, este ano, para ilustrar histórias de atraso.
Diga-me com quem anda
O ainda governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), alinhou suas redes sociais a figuras como Celso Pansera, expulso do MDB por gostar demais dos petistas Dilma, Zé Guimarães, Henrique Fontana e Rui Falcão, além de Heloisa Helena (Rede) e os partidos PDT e PSD.
Síndrome
O senador eleito Luís Eduardo Girão (Pros) encaminhou ofício à Diretoria Geral do Senado para que os valores referentes aos salários extras sejam repassados integralmente à instituição de caridade “Peter Pan”.
Que fase…
Acusado de embolsar propinas milionárias, o governador Luiz Pezão foi flagrado na cadeia com o equivalente a 500 merrecas no bolso.
O ex-presidente Jânio Quadros não botava muita fé na força de trabalho dos agricultores brasileiros. Certa vez, num encontro com o ex-presidente Juscelino Kubitscheck, promovido no Rio pelo amigo Augusto Marzagão, ele interrompeu assim o discurso do interlocutor sobre a “reforma agrária ideal”: “…e o Instituto de Imigração proporcionaria a cada beneficiado uma família de japoneses para trabalhar!”

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter