quarta-feira, 16 de janeiro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Não tornar pior o que já está ruim

Fernando Maia

Colunista - Política

sexta-feira, 26 de outubro 2018

Imprimir texto A- A+

 

Os brasileiros torcem para que o pleito de domingo seja o último em que um país se acha sem outra saída, a não ser escolher entre dois candidatos que não eram os melhores. Quando imaginávamos que teríamos bons candidatos dentre os quais escolheríamos aquele que iria tirar-nos do atoleiro, fomos vítimas das mesmas armações com que os partidos escolhem, e escolhem geralmente, mal seus candidatos. Em democracias como a da Suécia, os concorrentes a cargos eleitorais expõem suas propostas sem agressões e defendem seus pontos de vista. Aqui, um dos candidatos se nega a participar de debate com o oponente, o que, a seu ver, seria “apenas um bate-boca”. No que está certo. Se perguntarmos à maioria dos eleitores sobre os programas de Haddad ou de Bolsonaro, não haverá respostas, mas se for sobre erros, pecados, defeitos, malfeitos e falhas do passado, choverão respostas. Retrato da situação: na Câmara Municipal de Fortaleza, foi celebrada uma Missa para que o presidente eleito, seja quem for, pelo menos não torne pior o que já está ruim. É difícil explicar ao mundo porque se escolhem tão mal os presidenciáveis no nosso país.

Somos todos Dnocs. Para não deixar passar em branco o 109º aniversário do Dnocs, que transcorre hoje, o diretor-geral, Ângelo Guerra, convida para o hasteamento da Bandeira Nacional e uma missa gratulatória pela instituição federal que evitou a devastação e a fome no Nordeste, desde quando Cabral desembarcou por aqui.

Rejeição.
Será difícil Camilo Santana ressuscitar o senador Eunicio. Os principais aliados do Governador rejeitam a tese.
Caminhos.
O PDT começa a desenvolver caminhos para Ciro Gomes em 2022. Quer ele morando em São Paulo, maior caixa de ressonância do País. No Nordeste, ele é forte.
Manter vivo. Não é só gratidão. É também uma estratégia inteligente de Camilo dar ao MDB três secretarias. É importante manter politicamente vivo o seu presidente.
Montadora. A boa notícia são as negociações do titular da SDE, César Ribeiro, com a montadora japonesa Nissan, para a implantação de fábrica de veículos elétricos na área da ZPE do Ceará.
Articulador.
Na Assembleia Legislativa está bem cotado para a presidência, o deputado Tin Gomes. De todos, é o mais competente articulador em disputas do gênero.
Problemas. Camilo Santana vai ter de comprovar a sua habilidade de diálogo e convencimento, na hora de repartir cargos entre 24 partidos aliados.
Só no Brasil. Por determinação do ministro Alexandre Moraes, do STF, o senador Acir Gurcasz (PDT-RO), por crimes financeiros, passará a ser preso da Papuda, à noite, e senador de dia.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter