segunda-feira, 20 de maio de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

O BNDES registrou lucro líquido de R$ 11,1 bilhões no 1o trimestre, um crescimento de 436,7%

Rubens Frota

Colunista - Economia

quarta-feira, 15 de maio 2019

Imprimir texto A- A+

1 O BNDES registrou lucro líquido de R$ 11,1 bilhões no 1o trimestre, um crescimento de 436,7% na comparação com o mesmo período de 2018 (R$ 2,063 bilhões), segundo balanço divulgado ontem. Trata-se do maior resultado nominal (sem descontar a inflação) para um trimestre desde 2002, quando iniciou a série histórica do banco, num resultado impulsionado por receitas extraordinárias com a venda de fatias detidas em gigantes como Petrobras e Vale.

2Segundo o banco estatal, o desempenho positivo foi influenciado pelo crescimento de 725,5% do resultado com participações societárias em relação ao mesmo período de 2018, que totalizou R$ 12,474 bilhões no 1o trimestre.

3O lucro do banco foi sustentado principalmente pela venda de ações de empresas como Petrobras, Vale e Rede, além da alienação de 50% da participação do BNDESpar na Fibria, que foi incorporada pela Suzano no começo do ano. Só com essa última operação, foram contabilizados R$ 8 bilhões.

4Os dados do primeiro trimestre mostram, também, a apuração de R$ 5,2 bilhões de tributos de conceito de competência e de R$ 7,1 bilhões no conceito de caixa.

Turismo no Ceará
O Ceará apresentou o melhor índice de volume de atividades turísticas no Brasil em março. O índice cresceu 10% no acumulado dos últimos 12 meses – enquanto a média nacional ficou em 3,3% no mesmo período. Os dados são do IBGE.

Serviços
O volume do setor de serviços caiu 0,7% em março frente a fevereiro, segundo o IBGE. Trata-se da terceira queda mensal seguida do indicador, confirmando a perda de ritmo da economia neste início de ano e reforçando a expectativa de uma possível retração do PIB no 1o trimestre.

Comparação
Na comparação com março do ano passado, a queda foi de 2,3%, a mais intensa desde maio de 2018 (-3,8%), interrompendo uma sequência de sete taxas positivas nessa base de comparação.

Inadimplentes
O índice que mede a inadimplência do consumidor brasileiro registrou queda de 0,4% em abril na comparação com março, de acordo com a Boa Vista. Em relação ao quarto mês de 2018, houve declínio de 5%. No acumulado de 12 meses finalizados em abril, por sua vez, a retração foi de 2%.

Parceria
A partir do mês de maio, o Samsung Pay, serviço de pagamentos móveis da Samsung, tem um novo parceiro em seu portfólio no Brasil: o Sicredi. A novidade está disponível para associados da instituição financeira cooperativa que possuem os cartões Sicredi Mastercard e Sicredi Visa1 e também beneficia quem utiliza a máquina de cartões do Sicredi. Com o acordo, os clientes passam a ter acesso ao serviço de pagamento móvel, simples, seguro e que é aceito em uma série de estabelecimentos comerciais, aplicativos e lojas online habilitados por todo o País.

Parceria II
A parceria traz praticidade às transações dos associados do Sicredi, que, agora, podem realizar pagamentos na função crédito sem a necessidade de utilizar o cartão, bastando apenas que a autorização aconteça por meio de senha (PIN) ou impressão digital utilizando smartphones e smartwatches elegíveis.
Parceria III
“Esta é mais uma parceria que leva conveniência e segurança para os associados, tornando o seu dia a dia mais prático e descomplicado”, ressalta a superintendente de Planejamento e Controle de Produtos do Banco Cooperativo Sicredi, Gisele Rodrigues.

Parceria IV
O Samsung Pay é aceito em uma série de estabelecimentos comerciais, aplicativos e lojas online habilitados por todo o País, trazendo simplicidade, praticidade e segurança às transações financeiras. “Sempre colocamos o consumidor em primeiro lugar, quando tomamos nossas decisões, e a parceria com a Sicredi não foi diferente. Quanto mais abrangente for nosso portfólio, mais conveniência para o consumidor, que ganha cada vez mais opções para fazer suas compras com comodidade e rapidez”, diz Paulo César do Nascimento, Gerente Sênior de Samsung Pay no Brasil.

Destaque
O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 4 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal –, por meio de sua gestora de recursos, é destaque em mais um ranking de fundos de investimento. A Asset do Sicredi ocupa a 18º posição do ranking Top Asset da revista Investidor Institucional com mais de R$ 31 bilhões de recursos sob gestão. A revista é o principal canal de comunicação com profissionais de fundos de pensão, regimes próprios de previdência e gestores de recursos.

Destaque II
No final de 2018, a Asset do Sicredi também foi destaque no ranking de fundos de previdência do “Guia Valor FGV” e destaque na lista dos “Melhores Fundos de Renda Fixa” na categoria indexados, no especial “Onde Investir em 2019” da revista IstoÉ Dinheiro. Além disso, no início de 2019, a gestora obteve seu primeiro rating de gestão, o qual foi emitido pela Fitch Ratings, instituição externa altamente reconhecida, que possui escala global, de modo que a Asset passou pelos mesmos critérios de avaliação aplicado para outras gestoras de investimento internacionais.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter