sábado, 25 de maio de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

O tesouro direto pagou, ontem, o maior vencimento de títulos públicos da história do programa

Rubens Frota

Colunista - Economia

quinta-feira, 16 de maio 2019

Imprimir texto A- A+

1O tesouro direto pagou, ontem, o maior vencimento de títulos públicos da história do programa, lançado em 2002 pelo Governo Federal. Ao todo, serão pagos cerca de R$ 9 bilhões a aproximadamente 122 mil investidores pessoas físicas. Trata-se de vencimentos de notas do Tesouro Nacional, série B, lançadas em 2013, hoje conhecidas como “Tesouro IPCA+”. Esses títulos remuneram o investidor com uma taxa de juros reais prefixada. Ou seja, é feita a recomposição da inflação calculada pelo IPCA, acrescida de um adicional pré-determinado na hora da compra do título.

2Segundo o Tesouro Nacional, no período de seis anos, os títulos tiveram uma rentabilidade bruta de 64%. Entre maio de 2013 e maio de 2019, a inflação acumulada foi de cerca de 41% (ao redor de 6% ao ano).

3Segundo o Tesouro, a maior fatia dos investidores (52.271) sacará até R$ 10 mil. Apenas 905 resgatarão valores acima de R$ 1 milhão. A maior parte (62%) é dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro; 69% são homens e 57% têm entre 26 e 45 anos.

Consumidor
A publicidade tem utilizado todos os recursos possíveis para aproximar marcas e produtos dos consumidores reais. Mas, esse esforço não tem surtido o efeito esperado, segundo recente estudo britânico. O levantamento constatou que a percepção dos consumidores é negativa em relação à presença feminina e masculina na publicidade, especialmente em temas como empoderamento e autoestima.

Alarmante
O resultado é alarmante: 76% das mulheres e 71% dos homens acreditam que a forma como eles estão sendo retratados na publicidade está totalmente fora da realidade.

Simples de crédito
O diretor-presidente do Sebrae, Carlos Melles, afirmou que a lei que cria a Empresa Simples de Crédito vai mudar o País, permitindo a maior circulação de crédito para o setor produtivo. “É uma das medidas mais vigorosas para que o recurso circule nos municípios. Isso traz um ambiente de muito conforto”, defendeu.

Aeroporto
A concessionária do Aeroporto Internacional de Fortaleza, Fraport Brasil, anunciou o novo acesso viário ao terminal, disponível aos passageiros a partir de hoje. Segundo a Fraport, as obras de ampliação do aeroporto de Fortaleza já chegam a 70% de conclusão. A concessionária mantém o prazo de entrega do novo terminal para maio do próximo ano.

Prejuízo
A Embraer registrou um prejuízo líquido, atribuído aos acionistas, de R$ 160,8 milhões, no primeiro trimestre, alta de 23% na comparação anual, segundo a fabricante brasileira de aeronaves. Já o prejuízo líquido ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) foi de R$ 229,9 milhões nos três primeiros meses do ano, ante uma perda de R$ 208,9 milhões no 1o trimestre de 2018.

Feirão
A MRV realiza, neste sábado (18), a 2a edição do Feirão de Porta a Porta, em parceria com empresa de aplicativo de transporte. A construtora pegará os clientes em casa para levá-los até o plantão de vendas, onde serão oferecidas diversas facilidades comerciais para quem deseja sair do aluguel e conquistar o sonho da casa própria, como descontos de até R$ 3 mil, sinal de 98 reais, entrada parcelada em até 60 vezes e ITBI e registro grátis.

Feirão II
Para quem comprar um aparamento já pronto terá uma economia maior, pois a construtora arcará com a taxa de condomínio durante um ano. O evento acontecerá no empreendimento Parque Michelangelo, localizado no Complexo Fonte das Artes, em Messejana. Estarão à venda todos os produtos da MRV no Ceará. As unidades podem ser adquiridas a partir de R$ 136 mil. O cadastro para o agendamento do transporte deve ser realizado até o dia 17 de maio por meio do link https://www.mrv.com.br/feirao ou pelo envio de sms com a palavra “Partiu” para 28064.

Destaque
Empresa de turismo e multipropriedade, a MVC participará de dois painéis no Meeting Geral, evento realizado pela Revista Turismo Compartilhado e que já está em sua 3a edição. O evento, que já foi realizado em Caldas Novas (GO), chegou a Fortaleza, ontem, no Teatro Ceará Show. A equipe da MVC foi representada no evento pela sua empresa de consultoria #CASE.

Destaque II
Atualmente, a indústria de multipropriedade e timeshare no Ceará é uma das mais crescentes. No Ceará, a MVC vem se destacando nessa modalidade. “Um dos nossos produtos, a MVC, marca que trabalha com empreendimentos de alto padrão por meio do clube de férias, tornou-se um sucesso aqui no Ceará. Nós possibilitamos que, por meio da multipropriedade, o cliente consiga comprar sua segunda moradia a um preço de baixo custo”, disse Sérgio Falquer, sócio-diretor da #Case.

Destaque III
Falando sobre venda de impacto, o sócio-diretor da #Case, Raphael Almeida, vai participar do painel que fala sobre performance de vendas e sustentabilidade. “Nossa equipe comercial é treinada para mostrar, de todas as formas, como aquela compra será a melhor escolha para o cliente. Por meio de dados verídicos, preços acessíveis e um discurso de impacto, conseguimos alcançar um bom número de vendas”, disse. O evento ainda contará com a participação de outros importantes empreendimentos do Ceará que tem foco no modelo de multipropriedade e timeshare.

 

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter