28 C°

segunda-feira, 20 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

PROJETO DE LEI PLANO DE SAÚDE

Solange Palhano

Colunista - + CADERNOS

sexta-feira, 03 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Está sendo discutido, na Câmara dos Deputados, um projeto para alterar a lei que rege os planos de saúde. Atualmente, os usuários que completam 59 anos sofrem um reajuste absurdo. A proposta do relator Rogério Marinho, do PSDB, é parcelar esse reajuste. Já o deputado Luiz Henrique Mandetta, do Democratas, defende incluir no texto a garantia de limite máximo para o idoso continue a valer.

O que os deputados estão querendo colocar no texto da lei é que não seja penalizado a faixa etária que mais utiliza o plano de saúde, causa da saída de muitos idosos por não ter condições de pagá-los. A ideia é fazer uma reajuste com equidade, distribuir os custos entre os mais jovens, os de meia idade e os de mais idade, para que o idoso não seja discriminado financeiramente. Mas, a Associação Brasileira de Planos de Saúde já ameaça diante desta possibilidade de dar um aumento mais alto para as faixas mais jovens e alega que tem uma explicação matemática.

Somente os reajustes dos planos individuais são fixados pela Agência Nacional de Saúde que foi criada para assegurar o interesse público. Além de não respeitar ao Estatuto dos Idosos, que proíbe valores maiores após 60 anos, deixa os planos reajustarem os poucos individuais que ainda existem em 13,5%, quando a inflação anual não chega a 4%. Lava as mãos também diante dos aumentos exorbitantes nos contratos empresariais. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor aponta reajustes de até 73,3% em planos coletivos, os únicos disponibilizados no mercado.
No projeto, as operadoras serão obrigadas a oferecer planos individuais e familiares. Para especialistas, também este ponto precisa ser aprimorado, o projeto teria que definir regras para o preço e a cobertura dessas modalidades.

EXECUTIVO DO ANO

Prêmio Equilibrista
Geraldo Luciano Mattos Júnior, vice-presidente de Investimentos e Controladoria do Grupo M. Dias Branco, foi escolhido o Executivo de Finanças do Ano, eleito pelo Equilibrista 2017, prêmio promovido pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) do Ceará. Já a empresa 3 Corações foi reconhecida como Empresa Padrão 2017.A entrega desse ano acontece no dia 21 de novembro, no Hotel Gran Marquise.

10 Prêmio Universitário Empreendedor

O Centro de Empreendedorismo (Cemp) da Universidade Federal do Ceará, em parceria com a Fundação Astef, estão com as inscrições abertas até amanhã, para o 10 Prêmio Universitário Empreendedor. A iniciativa tem como principais objetivos identificar e dar visibilidade a universitários empreendedores, visando valorizar o esforço dos estudantes de graduação, pós-graduação ou recém-formados de forma a fortalecer a cultura do empreendedorismo inovador no Estado do Ceará.

Começam Apostas Para Mega da Virada

Já começaram, nesta segunda-feira, as apostas para a Mega da Virada. A estimativa de prêmio é de R$ 220 milhões para o apostador que acertar os seis números da sorte do concurso 2.000, que será sorteado em 31 de dezembro.
Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega da Virada e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá cerca de R$ 1,1 milhão em rendimentos mensais, valor suficiente para comprar um carro popular por dia. Ou, se preferir, pode comprar 440 apartamentos de R$ 500 mil, ou ainda uma frota de mais de 70 helicópteros. Vamos apostar, a esperança é última que morre.

Passagens Europa

Não percam a oportunidade de comprar passagens de Fortaleza para Europa até o dia 7 de novembro com valor menor do que a TAP oferece. Os preços das passagens vão de R$ 2.300,00 até R$ 2.800,00 pelas companhias aéreas Air France e KLM dependendo de que cidade será o destino e a data. Podendo fazer uma parada em Paris ou Amsterdã. Os voos ofertadas são a partir de maio de 2018. Uma maravilha a oferta de quatro voos inicialmente na semana quebrará o monopólio da TAP e só quem ganha são os consumidores.

Nova Diretoria
Corecom –Ce

A nova diretoria do Conselho Regional de Economia no Ceará foi eleita, nesta terça-feira, para o biênio 2018-2020. Meu professor, o economista, Lauro Chaves Neto será o novo gestor da entidade. Entre as principais propostas da gestão é valorizar o economista no mercado de trabalho; fortalecer os programas de qualificação da categoria e estabelecer maior proximidade com os cursos de Economia.

outros destaques >>

Facebook

Twitter