terça-feira, 18 de dezembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Repercute a desistência da organização da COP25 no Brasil

Macário Batista

Colunista - Política

quinta-feira, 06 de dezembro 2018

Imprimir texto A- A+

 

Tem sido forte a repercussão da influência de Bolsonaro na desistência do País da realização por aqui da COP25, a conferência anual da ONU sobre o clima. De Buenos Aires, onde está para a reunião do G20, o presidente francês, Emmanuel Macron, deu um sinal amarelo para o acordo comercial, há anos em discussão, entre a União Europeia e o Mercosul: “Houve uma mudança política importante no Brasil recentemente [e] o Mercosul tem que se posicionar… Não sou a favor de que se assinem acordos comerciais com potências que não respeitem o Acordo de Paris.” Bernardo Mello Franco diz n’O Globo que, mesmo antes da posse, o novo governo já deu seu primeiro vexame internacional. Daniela Chiaretti, no Valor, relata uma sensação de alívio na ONU, porque poderia “ser desastrosa uma conferência (…) em momento crucial das negociações climáticas sendo conduzida por um país que não acredita no tema.” Na Bandnews, Ricardo Boechat foi direto. É uma maluquice associar a mudança do clima a ideologias, como faz o ministro indicado das Relações Exteriores. “As geleiras estão derretendo porque são de esquerda, a Amazônia está sendo destruída porque é de direita, o clima está mudando porque é fundamentalista, os eventos estão ficando extremos porque é progressista.” Boechat reafirma que as mudanças climáticas e seus impactos são fatos estudados e comprovados pela ciência (o trecho começa aos 45 minutos do programa). E Carlos Rittl, do Observatório do Clima, escreveu no Estadão sobre a importância de sediar a conferência e diz que, “ao abrir mão de realizar [a] conferência, [o novo governo] dá um sinal muito negativo para a comunidade internacional. Diz, por um lado, que não faz questão desse protagonismo, e, por outro, que pode vir a tomar uma série de medidas domésticas no sentido de estabelecer retrocessos, permitindo aumento no desmatamento, permitir que a expansão agropecuária aconteça de qualquer forma, sem critérios de sustentabilidade, e priorizando combustíveis fósseis, como petróleo, carvão e gás natural.”

O drone da Federal . A Polícia Rodoviária Federal está usando drone pra pegar neguim que passa da velocidade nas vias brasileiras. Não se sabe ainda se vale o drone ou a privacidade, eis que o objeto voador pode filmar e fotografar você dentro do seu carro. Por enquanto, como no jogo do bicho, vale o escrito. A BR-116 tá na lista das rodovias patrulhadas.

Entre os iguais
O general do Tasso(?) foi pra Brasília dizendo que iria compor a equipe do presidente Jair. Iria ocupar cargo junto ao juiz de Curitiba, mesmo sem ser da Lava a Jato.
Theophilo sem política
O repórter puxou conversa política com o general Theophilo, querendo saber se ele se filiaria ao PSL de Messias, deixando o PSDB.
Parece que magoou
Resposta do general ao perguntador. “Essa minha campanha aqui me deu muita experiência política. Não, não, me filio a partido. Só mesmo trabalho na Segurança”.
Desprestígio?
Ou falta prestígio ou sobra vaga. Pelo menos, foi o que pareceu o Edital do concurso para a Polícia Rodoviária Federal. Quinhentas vagas e o Ceará fora do concurso.
Amarelou
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordou em suspender, durante 90 dias, o seu plano de subir de 10% para 25% as tarifas americanas a produtos chineses.

Mudanças estruturais
O recuo está no valor de US$ 200 bilhões, enquanto negocia com Pequim “mudanças estruturais” na sua política econômica.

Homenagem
A Assembleia patrocinou sessão especial pela passagem de 58 anos do Colégio Santo Inácio. Fez um mundo de homenagens a ex-alunos e esqueceu o grande Welington Landim, um dos maiores.

Fumar mata
Assembleia Legislativa do Ceará aprovou o projeto de lei 211/17, do deputado Audic Mota, instituindo Campanha Estadual Antitabagismo nas escolas públicas e privadas do Ceará.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter