sábado, 23 de março de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Riscos apresentados pelas barragens são maiores do que aparentam

Macário Batista

Colunista - Política

quinta-feira, 14 de fevereiro 2019

Imprimir texto A- A+

 

Antonio Penteado Mendonça escreveu na sua coluna no Estadão que os riscos das barragens brasileiras são muito maiores do que aparentam. O argumento mais forte de Mendonça é que “as barragens em si não são o grande problema. O nó se materializa na falta de manutenção, nas reformas fora das especificações, no uso indevido, na extrapolação da capacidade, na falta de monitoramento e até no abandono da instalação, como acontece com várias barragens espalhadas pelo território brasileiro.” E, segundo o autor, “se o cenário está longe de ser confortável, o quadro fica mais grave quando se sabe que a imensa maioria dessas barragens, ou dos responsáveis por elas, não têm qualquer tipo de seguro que minimize os impactos que um vazamento de água ou qualquer outro produto possa causar à população, à região e ao meio ambiente.” No caso do Ceará, as preocupações não recaem sobre rejeitos minerais, mas de água mesmo. Reservatórios vazios, ou quase, costumam provocar fissuras em barramentos. Não é barragem, mas já vi os canais do perímetro irrigado Araras Norte serem refeitos duas vezes porque, uma vez vazios, racharam e provocaram erosões.Entretanto, se não cuidarmos desses açudes quando vazios e com problemas, poderemos amargar coisa pior no futuro. Ontem, o povo de Icó foi ao meio-fio e movimentou Lima Campos para que o açude seja arrumado.

Frase. “A água nos castigou em Brumadinho. O fogo nos castigou no  Flamengo. A terra nos castigou com deslizamentos no Rio. O ar nos castigou levando Boechat”. —
A natureza cobra do povo brasileiro,disse Leilane Neubart.

 

As lágrimas do Wanderley.Se, por alguma razão estou sem carro, ou vou pro aeroporto ou encontrar os parceiros de mesa e de bar, chamo o Wanderley. Taxista generoso, amigo, antenado,Wanderley sempre me recebia com uma pergunta: – O senhor ouviu o Boechat? O Wanderley, que faz ponto aqui do lado da Igreja de N.S.da Saúde, tinha o Ricardo Boechat como referência. Era seu norte no noticiário, na crítica, na molecagem com o Macaco Simão. Ontem, depois de acamado com uma gripe arrebatedora, fui ao trabalho com o Wanderley. Sem pernas e cabeça para dirigir.. – Bom dia, Wanderley. – Bom dia seu Macário. O senhor viu? Voz embargada. E encheu os olhos de lágrimas. Wanderley,a quase 3 mil quilômetros de distância, em Fortaleza, tinha visto a tela e seu GPS de vida apagar.

Eleição em Cascavel
O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) aprovou  a Resolução n.º 728/2019, que estabelece a data de 17 de março de 2019 para a realização de eleição suplementar para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Cascavel.
Substituindo infratores
A sentença de cassação dos diplomas da prefeita de Cascavel, Francisca Ivonete Mateus Pereira, e do vice-prefeito, Waltemar Matias de Sousa, havia sido mantida pelo TRE-CE na sessão plenária de 28/01.
Fechou
A população de Lima Campos, distrito de Icó, no centro sul do Ceará, fechou a estrada que corta o município para um protesto. As pessoas exigiam do Dnocs atenção aos relatos da imprensa e de autoridades sobre os perigos da barragem do Açude Lima Campos.
Engraçado
Não se ouviu até agora um ai da Cogerh, empresa estadual que se diz fiscalizadora das barragens de água do Ceará. Também não se ouviu um úi da Cagece, a empresa cearense de águas e esgotos que vende a água que não acumula e deixa esgotos a céu aberto por todo o Estado.
Jeri é Jeri, Aracati é Canoa
Projeto de lei  de nº 16/19 denomina Aeroporto de Canoa Quebrada o terminal do município de Aracati. Em Jijoca, o aeroporto tem o nome do grande pioneiro, comandante Ariston Pessoa de Araújo.
Carga horária
A Câmara Municipal de Fortaleza realizou uma audiência pública que discutiu a incorporação da suplementação da carga horária dos honorários dos prestadores não médicos de Fortaleza.
Juntar ao principal
“Esses profissionais concursados trabalham com a carga horária de 20 horas, 30 horas, e por lei municipal podem suplementar para 30 horas ou 40 horas. Os profissionais que têm essa suplementação lutam pela incorporação, pois recebem o excedente como hora extra.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter