sábado, 25 de maio de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Troia, o cavalo 2019

Macário Batista

Colunista - Política

terça-feira, 19 de fevereiro 2019

Imprimir texto A- A+

 

Sempre achei que jornalista não deve ser sociólogo, aquele cidadão que gosta muito das coisas a posteriori. Defendo, entretanto, ser impossivel ser jornalista sem ter sua porção sociólogo. Como entender o hoje se não souber nada do passado? Como imaginar o futuro, ou até se antecipar a ele, se não souber do passado, uma vírgula e do hoje o ponto e vírgula? Não vai dar certo encaminhar o texto. Vai, hora qualquer, bater com o entendimento no teto do juízo. E no Jornalismo, bater com o entendimento no teto do juízo não tem essa de “voltemos a Kant”. Entendeu? Tá bom; mas andou perto. Quando você vota, fá-lo por diversas razões, não é? Amizade, sonho, crença, identidade e…muitas vezes por dinheiro, o que não quer dizer necessáriamente $$$, mas interesses pessoais. Só que nem sempre cola. Contrata o Jairzinho pra ponta direita, mas o Jairzinho leva um Paulo que inventa pro Jairzinho jogar pelo meio-armador, meio-campista para distribuir o jogo. Aí, lasca. Não, Lisca, não, lasca mesmo. Distribuindo bola, ao invés de fazer um-dois no meio de campo, Jairzinho, que de origem é ponta-direita, vai errar passes, tocar no inimigo ao invés de entrar de facão como é seu ofício. Pergunte aí pro Sebastião Albuquerque, pro Wilton Bezerra, comentaristas de peso, se dá certo o improviso. Não vai dar certo. Tudo porque você ou contratou errado ou o Paulo, personal treiner do Jairzinho fez a cabeça dele pra distribuir o jogo no interesse dele, Paulo, e não do time ou do próprio Jairzinho. Quer uma prova provada do que tou dizendo? Por acaso alguém votou no Jair que tá aí pra ele dar o Banco do Nordeste pra alguém do interesse do Paulo Guedes? Se a torcida concordar,ou não, podemos fazer alguma coisa?

Promessa Ministerial “A obra está em execução e a previsão dada pela empresa responsável é que acaba em maio deste ano. A partir de então, a gente começa a bombear água de novo para o eixo Norte, para a água seguir seu curso até chegar ao reservatório de Jati e comunicar com o CAC (Cinturão das Águas do Ceará)”, relatou Gustavo Canuto. E disse isso pro governador Camilo Santana. Será outra refinaria?

Pega e leva
João Melo, que já foi presidente do BNB, provocou reunião, ontem, na sede do banco, pra discutir o que fazer contra o tresloucado gesto de destruir um bem nacional, um bem nordestino, responsável por seu desenvolvimento, o Banco do Nordeste.
Capitão Nascimento
O que João Melo quer é juntar tudo quanto é politico do Nordeste, os com mandato e os com algum juízo e ir pra campo acabar com essa inconsequencia de ter o BNB numa lista de empresas brasileiras, lucrativas e desenvolvimentistas, dadas de presente a…sei lá.
História
Culparam o então governador do Ceará, Tasso Ribeiro de dar o Banco do Estado do Ceará (BEC) e a Coelce a segundos e terceiros. Não foi o senhor Tasso o doador. Ele deu a idéia aos deputados da Assembleia Legislativa fazerem a doação. Colou.
FNDE
Sabe o que quer dizer? Fundo Nacional de Desenvolvimento Econômico. É gerenciado pelo Banco do Nordeste. Fazendo as contas dá pra ver a alavancagem de algo em torno de R$200 bilhões de reais investidos no Nordeste pelo Banco. Quem quer dar isso a quem?
Para e um e para o dois
Na beira da praia, defronte ao hotel mais famoso da cidade, onde ficam reis e presidentes, o tal do Caesar Park, hoje Gran Marquise, alguém está construindo um prédio. Ao lado do prédio cabines para fazer cocô e xixi. Na Beira Marina cara de todo mundo. Bom senso manda lembrança pro infeliz projeto arquitetônico.
Falar nisso..
No fim da Beira Mar, fica o simpático e arrumadinho Mercado dos Peixes. Visita impraticavel. A catinga de lixo e de água de peixe estragado é um despotismo.Se de um lado tem o permissionário que não sabe se limpar, que o usuário, sujo e mal-lavado no quesito educação. Que horror!

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter