32 C°

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

O Estado Verde

Carro elétrico compacto de R$ 15 mil será desenvolvido no Ceará

terça-feira, 10 de Maio 2016

Da Redação do OeV
oev@oestadoce.com.br

Você com certeza já comeu uma banana nanica, mas dirigir um carro nanico, talvez não. Mas este é o nome de um veículo compacto e que só poderá ser encontrado no Ceará. Criado pelo designer brasileiro Caio Strumiello, a fabricação do Nanico para comercialização, deve começar no Brasil, em 2016.
Strumiello e seu sócio, o físico Paulo Roberto, estão negociando com a Prefeitura do município cearense de São Gonçalo do Amarante, a cerca de 60 quilômetros de Fortaleza, a construção da fábrica para produzir o modelo na cidade. Com dois lugares e 280 quilos, o veículo poderá atingir a velocidade máxima de 80 km/h. Ele terá air bags e freios com ABS para atender aos requisitos de carros produzidos no Brasil.

Investimentos
Para atrair o empreendimento, a administração municipal prometeu doar o terreno e conceder benefícios fiscais. Com investimento inicial de cerca de R$ 8 milhões, a unidade deverá ter capacidade para montar até 500 veículos por mês, gerando cerca de 100 empregos diretos.
Segundo publicado no portal EcoD, “Paulo Roberto explicou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que a Prefeitura de São Gonçalo se comprometeu em doar um terreno de 12 hectares, fora do perímetro urbano”. Caso o negócio se concretize, será a segunda montadora a se instalar no Ceará. Caso o negócio se concretize, será a segunda montadora a se instalar no Ceará.

125 cilindradas
Até agora, o Nanico Car só foi produzido artesanalmente no País. Já foram fabricadas 15 unidades em São Paulo. Os modelos têm 1,90 metros de comprimento, motor de 125 cilindradas, com capacidade para transportar duas pessoas e versões a gasolina ou a gás natural (GNV).
O modelo a ser produzido no Ceará terá a versão a gás e a com motor elétrico, “que deve acabar dominando a produção, pois o custo para o consumidor será menor, com poluição zero”. A projeção do físico é de que, depois de regulamentado, o modelo produzido comercialmente custe a partir de R$ 15 mil.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com