terça-feira, 16 de outubro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Cagece aumentará tarifas em 5,7% no próximo dia 22 de janeiro

terça-feira, 26 de dezembro 2017

Imprimir texto A- A+

O novo ano nem começou e a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) já anunciou um aumento de 5,7% nas tarifas referentes à distribuição de água e coleta de esgoto praticadas por ela, a partir de 22 de janeiro.

O objetivo é chegar à tarifa média de R$ 3,55 – autorizada pelas agências reguladoras no Estado – em maio deste ano. O percentual será aplicado de forma linear, em todas as categorias de consumo.

A decisão em passar a praticar o valor médio estabelecido pelas agências reguladoras leva em consideração a necessidade de garantir a operação dos sistemas de água e esgoto. Além disso, servirá para cobrir o aumento dos custos impactados pelo agravamento da crise hídrica, uma vez que o Ceará vem enfrentando seis anos consecutivos de estiagem.

Outros custos como os aumentos registrados no valor da energia elétrica e nos insumos para tratamento da água disponível, também têm impactado economicamente a Cagece. A necessidade de realizar investimentos para manter o abastecimento dos municípios, como instalação de poços, construção de adutoras, redes de reforço no abastecimento, ampliação das estações de tratamentos, entre outros, elevaram os gastos da companhia.

Autorizações
Em maio deste ano, a Cagece foi autorizada pelas agências reguladoras – Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (AcFor) e pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) – a praticar uma tarifa média de R$ 3,55. À época, como forma de amenizar o impacto financeiro no orçamento do cidadão, a companhia aplicou a revisão tarifária de forma parcelada. Porém, o percentual aplicado não atingiu o valor médio autorizado.

A tarifa média da Cagece, conforme números auditados de setembro e que serviram de base para o incremento, é de R$3,36. Os valores atualizados pela tarifa média passam a valer para os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Fortaleza e nos demais 150 municípios atendidos pela Cagece, em todo o território cearense.

Para exemplificar como deverão ficar as novas tarifas, a partir do próximo dia 22 de janeiro, a Cagece diz que os clientes residenciais sociais com consumo de até dez metros cúbicos (m³), apenas com serviço de água: passará de R$ 11,30 para R$ 11,90. Aumento de R$ 0,60. Já os que têm serviços de água e esgoto: passará de R$ 20,34 para R$ 21,42. Incremento de R$ 1,08. Já os clientes residenciais populares, com igual volume de consumo e dispondo apenas de fornecimento de água: passará de R$ 23,10 para R$ 24,40. Elevação de R$ 1,30. E aqueles com disponibilidade dos serviços de água e esgoto: passará de R$ 41,58 para R$ 43,92. Aumento de R$ 2,34.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter