32 C°

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Pixel

Fortaleza recebe mutirão de cadastramento de diaristas que desejam trabalhar por aplicativo

segunda-feira, 01 de julho 2019

Quem deseja trabalhar como diarista utilizando os recursos da internet para receber pedidos de diárias pode se cadastrar em um aplicativo que está sendo lançado na capital cearense, oficialmente, nesta segunda-feira (1º). A partir das 15h, os idealizadores da tecnologia realizarão um mutirão de cadastramento na Associação dos Moradores do Conjunto São Bernardo, localizada na Rua Nossa Senhora de Fátima, 123, Messejana. A iniciativa complementa as inscrições que também são feitas pelo site http://broomy.com.br/ cadastro.

Divulgação

As profissionais se cadastram gratuitamente no App e receberão de R$ 85 a R$ 95 por serviço, a depender da demanda. Haverá um desconto inicial para quem solicitar as diárias, mas a diferença será paga às profissionais pelo Broomy, como bônus de lançamento.

De acordo com Diogo Catão, um dos fundadores do App, o encontro presencial será um momento importante para as diaristas que desejam tirar dúvidas e agilizar o cadastramento. “Faremos uma demonstração do passo a passo do aplicativo e efetivar um treinamento prévio com as profissionais interessadas”, disse. O “Broomy” está na fase de captação de diaristas, mas com a divulgação de que estava chegando a Fortaleza, há cerca de um mês, já permitiu a realização de algumas diárias na cidade, antes mesmo do lançamento oficial.

Na hora da inscrição, a diarista precisa ter, em mãos: CPF, RG, comprovante de residência atualizado e dados bancários (conta corrente ou poupança); preencher e enviar um formulário; e após a aprovação de seus dados, baixar a versão do aplicativo voltada às profissionais (Broomy PRO) e entrar utilizando o CPF para verificar as ofertas disponíveis próximas à sua casa.

Serviço seguro

O aplicativo funciona de maneira similar aos que já existem para quem trabalha como motorista. Um mapa indica o local exato onde será realizada a limpeza. “O usuário solicitante faz o pedido e as diaristas cadastradas podem aceitar ou não a solicitação, de acordo com a disponibilidade de dia e local, tudo de maneira prática e segura, já que os dados das cadastradas são ligados ao Google e cada uma passa por análise de documentos e antecedentes criminais”, disse Daniel Barros, outro idealizador do App, que estará com Diogo Catão, em Fortaleza, para as ações realizadas nos bairros.

Atualizado por Natasha Ribeiro
natasha@oestadoce.com.br
Fonte: Ass. de Imprensa

Mais conteúdo sobre:

Aplicativo cadastramento Mutirão

hoje

Mais lidas