sábado, 15 de dezembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Rubens de Azevêdo e a primeira edição colorida

quinta-feira, 27 de outubro 2016

Imprimir texto A- A+

Eu conheci o Jornal O Estado na época da guerra, quando era dirigido pelo Alfeu Aboim. Esse contato com o jornal se deu porque meu irmão, Rubens de Azevêdo, passou a ser colaborador do periódico. Rubens era muito amigo do Aboim, assim como meu pai. Como colaborador do O Estado ele escrevia artigos sobre mitologia grega e também fazia histórias em quadrinhos, onde ele fez uma série chamada “Uma viagem a Saturno”, que era publicada em capítulos, semanalmente. Rubens também fazia retratos a bico de pena. Nessa fase, ele sugeriu ao Aboim que fosse feita uma edição colorida para o jornal, para ser veiculada no dia 7 de setembro. Meu irmão fez quatro desenhos, para que montados fizessem essa edição colorida. Foi a primeira edição colorida de um jornal em Fortaleza.

Miguel Ângelo de Azevêdo — Nirez,
historiador e membro do Instituto do Ceará

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter