segunda-feira, 25 de março de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Cagece instala esgoto em mais nove bairros de Fortaleza

quarta-feira, 18 de abril 2018

Imprimir texto A- A+

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) está iniciando uma nova operação para implantar sistema de esgotamento sanitário na Capital, com a instalação agora sendo feita nos bairros à margem esquerda do Rio Cocó. Conforme informou a empresa em nota à imprensa no dia de ontem, 17, o objetivo é estabelecer uma ligação entre a rede coletora da Cagece e a população residente na área, de modo a contribuir para a preservação do rio.

Ao fim do projeto, serão 23 mil ligações domiciliares ao longo de 225 quilômetros de rede coletora. Em paralelo a isso, será instalada uma estação elevatória para bombear os afluentes até o destino final, que é a estação de pré-condicionamento de esgoto da Companhia, na avenida Leste-Oeste. A estimativa é de que passará a haver sistema de coleta e tratamento de esgoto para 135 mil pessoas, nos seguintes bairros: Vila Peri, Manoel Sátiro, Serrinha, Itaperi, Maraponga, Parangaba, Itaoca, Aeroporto e Dias Macedo.

Segundo a Cagece, a previsão é de que os serviços continuem até setembro de 2019, daqui cerca de um ano e meio. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 55 milhões nesse processo. A iniciativa é parte de ações da Coelce no processo de universalização do acesso a esgotamento sanitário na capital. Em janeiro deste ano, a população residente nos bairros à margem direita do Cocó recebeu essas instalações, beneficiando cerca de 130 mil moradores da área leste da cidade.

Captação
Na semana anterior, a Companhia captou R$ 270 milhões junto ao Ministério das Cidades para realizar serviços nas áreas de esgotamento sanitário em Fortaleza e de abastecimento de água no município de Itapipoca. Será financiada também a elaboração de estudos e projetos para a expansão dos sistemas de esgotamento sanitário em cinco municípios, sendo eles a capital, Caucaia, Cascavel, Guaiúba e Pacajus. A instalação do novo sistema na margem esquerda do Cocó é a primeira operação do tipo anunciada após ser divulgada essa captação.

Com esses R$ 270 milhões, a empresa deverá ampliar o sistema de esgotamento sanitário em oito bairros da capital: Passaré, Castelão, Dias Macedo, Mondubim, Parque Dois Irmãos, Jardim Cearense, Dendê e Itaperi. “Do total captado, R$ 250 milhões serão destinados às obras de ampliação do sistema de esgoto em Fortaleza, que beneficiará 111.972 mil habitantes, representando um incremento de 4,15% na cobertura de esgoto na cidade”, informa Abigail Lino, superintendente de Planejamento e Captação de Recursos da Cagece.

Manutenção
Além das novas instalações, a Cagece também passa essa semana por um processo de manutenção preventiva e corretiva na estação de tratamento Gavião, localizada em Pacatuba, na Região Metropolitana de fortaleza (RMF). O objetivo é manter o funcionamento adequado do sistema.

Como resultado, as atividades do sistema integrado Gavião terão que ser interrompidas das 6h às 20h de amanhã, quinta-feira. Serão atingidos todos os bairros da capital, além de Maracanaú, Itaitinga, Novo Maranguape e Eusébio. Levando em consideração que o sistema funciona por pressão, a água deve voltar mais rapidamente às regiões centrais, atingindo áreas mais elevadas em seguida. É possível que haja dificuldades no acesso à água da Cagece até 72 horas após o início da operação, quando o sistema deve atingir equilíbrio total. Recomenda-se que os moradores façam uso moderado da água durante esse período, dando prioridade a atividades essenciais e consumo humano.

Para qualquer reclamação ou solicitação, a população pode entrar em contato com a companhia pelos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento (0800.275.0195), o aplicativo Cagece Mobile (disponível para Android e iOS) ou por meio do chat online, no site da Cagece.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter