32 C°

segunda-feira, 28 de setembro de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

EUA: Bernie Sanders vence as primárias do Democrata

quinta-feira, 13 de fevereiro 2020

O senador progressista Bernie Sanders venceu as primárias democratas em New Hampshire. Com 92% das urnas apuradas, ele tinha 26% dos votos. Pete Buttigieg, centrista e ex-prefeito de uma pequena cidade de Indiana, ficou em segundo lugar, com 25%. Antes mesmo do fim da apuração, a vitória de Sanders foi dada como certa de acordo com projeções dos principais veículos de comunicação dos Estados Unidos, incluídos a emissora CNN e o jornal Washington Post.


O resultado consolida os dois candidatos como os principais nomes da disputa do partido à Casa Branca e coloca o ex-vice-presidente Joe Biden, que aparecia em quinto lugar, em uma situação bastante difícil. A surpresa esteve por conta da também moderada Amy Klobuchar, que figurava na terceira posição depois de ter abraçado o quinto lugar nas prévias de Iowa, na semana passada. Ela tinha 20% e era seguida pela senadora progressista Elizabeth Warren, com 9%. Biden amargou somente 8%.


Com 2,8%, o empresário Andrew Yang anunciou ainda no início da apuração dos votos que desistira da corrida no seu partido. O senador Michael Bennet (Colorado), que somava 0,3%, também desistiu da candidatura.

Mudanças
O cenário reorganiza o tabuleiro entre os democratas depois da caótica votação em Iowa, com problemas na apuração e as campanhas dos líderes Sanders e Buttigieg pedindo revisão dos resultados. Ao contrário do caucus de Iowa, espécie de assembleia de eleitores na qual a votação se dá por aglomeração, as primárias em New Hampshire acontecem de maneira secreta e nas urnas, como em eleições convencionais. O xadrez inicial mostra que Sanders se estabiliza como o nome progressista da disputa, enquanto Buttigieg se descola de Biden para tentar representar a ala dos moderados na corrida pela nomeação.


Os 24 delegados que estavam em jogo em New Hampshire irão -junto com outros quase 4.000- à convenção nacional democrata, em julho, para nomear o candidato da sigla na eleição contra Donald Trump. Cada candidato recebe o número de delegados correspondente ao desempenho durante as primárias. O senador por Vermont e o ex-prefeito de South Bend já haviam dividido a liderança nas prévias de Iowa e chegaram à votação desta terça com fôlego para cristalizar o bom desempenho da semana passada. Biden, por sua vez, viu sua força diminuir nas pesquisas desde que amargou um quarto lugar em Iowa e agora precisa se superar nas primárias de Nevada e Carolina do Sul, que acontecem no fim do mês.

Nas pesquisas de Nevada, o ex-vice-presidente aparece em segundo lugar, atrás de Sanders, com 20%, mas sua principal cartada é na Carolina do Sul.
Neste estado os negros são muito representativos -30% da população-, e o desempenho de Biden é expressivo entre esse eleitorado, que o identifica como vice de Barack Obama. Segundo a média das pesquisas, Biden lidera na Carolina do Sul com 28%, seguido por Sanders, com 17%. Buttigieg tem apenas 6% no estado. O ex-vice-presidente sabe que o ex-prefeito não consegue ampliar sua base, de maioria branca e mais velha, para jovens e negros, e vai apostar as fichas nesse fator para tentar se viabilizar como o nome moderado da sigla.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com