32 C°

sexta-feira, 23 de abril de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Hong Kong mantém presos 47 ativistas pró-democracia

sexta-feira, 05 de março 2021

A Justiça de Hong Kong decidiu nesta quinta-feira (4) manter 47 ativistas pró-democracia sob custódia, após quatro dias de audiências em um caso que aumentou a preocupação com a repressão de Pequim contra dissidentes e acumulou denúncias de violações de direitos.

Os 47 ativistas são acusados de organizar e participar de uma votação primária não oficial em julho do ano passado, com o objetivo de selecionar os candidatos mais fortes para a eleição ao Conselho Legislativo de Hong Kong. Do total, apenas 15 tiveram o pedido de fiança aceito pelo juiz Victor So, mas foram mantidos presos depois que os promotores anunciaram que recorreriam da decisão.


Palco de protestos nesta semana, quando centenas de manifestantes se reuniram em atos contra a detenção dos ativistas, o tribunal de West Kowloon agora teve pessoas chorando dentro das câmaras de audiência e mais manifestações, ainda que mais silenciosas, do lado de fora. “Não estamos surpresos com o fracasso do pedido de fiança de hoje”, disse Po-ying Chan, esposa de Leung Kowk-hung, ex-parlamentar e ativista veterano do movimento pró-democracia que se tornou réu sob acusação de subversão.


“Isso provou que, de acordo com a Lei de Segurança Nacional, o sistema legal foi distorcido e virado de cabeça para baixo”, disse Chan. A legislação, promulgada por Pequim no ano passado, permite a repressão de quatro tipos de crime contra a segurança do Estado: atividades subversivas, secessão, terrorismo e conluio com forças estrangeiras, com sentenças que podem chegar a prisão perpétua.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com