32 C°

terça-feira, 10 de dezembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Nacional

Festa literária de Paraty é sucesso de público e crítica

terça-feira, 16 de julho 2019

A 17ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), encerrada no domingo (14) na cidade histórica de Paraty, na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, recebeu 42 autores em seu programa principal, dos quais 24 mulheres e 18 homens, de 13 nacionalidades – Angola, Argentina, Brasil, Burundi, Canadá, Cabo Verde, Espanha, Estados Unidos, Israel, Nigéria, Portugal, Reino Unido, Venezuela.
O autor homenageado nesta edição foi Euclides da Cunha.Houve alta em relação aos 33 escritores convidados na programação principal da Flip 2018.

Além dos escritores, participaram do Programa Principal da Flip 2019 a Universidade Antropófaga, com 19 integrantes, na apresentação de abertura da festa; o Núcleo de Arte Mundana Companhia, com 11 membros, do evento Máquinas do Tempo; e Roberta Estrela D’Alva e o Núcleo Bartolomeu, da Flip Slam (batalha de poesias). Já o programa educativo contou com 57 autores.
Ao todo, 636 programas para a Flip deste ano foram cadastrados no site.

Acessos
A festa teve forte movimentação nas redes sociais. O aplicativo Flip, lançado no último dia 10, registrou 3 mil usuários ativos. No Instagram, os posts alcançaram mais de 1,5 milhão de pessoas; a média das stories foi de 2 mil visualizações; e a hashtag #Flip2019 foi usada 2 milhões de vezes. No Facebook, as postagens atingiram mais de 150 mil pessoas. No You Tube, os vídeos contabilizaram 15 mil visualizações e 2,3 mil horas assistidas.

Foram registrados 8.813 acessos no Auditório da Matriz, onde ocorreram as mesas literárias da Flip, com ingresso pago; 12.973, no Auditório da Praça; 1.525 na Biblioteca Casa Azul; 3.326 na Central Flipinha; 640, no Barco Educativo; 246, na Terra Nova-Máquinas do Mundo, e 237, no Cinema da Praça.

A Flip 2019 contabilizou 452 contratações de prestadores de serviços, sendo 197 diretas e 255 indiretas, constituídas de mão de obra de fornecedores.
Livros mais vendidos
A feira também teve movimento intenso de venda de livros. A obra Memórias da Plantação, da autora portuguesa Grada Kilomba, editora Cobogó, teve 648 exemplares vendidos; e a nigeriana Ayobami Adebayo, Harper Collins, autora do livro Fique Comigo vendeu 546 exemplares. (Agência Brasil)

hoje

Mais lidas