32 C°

quinta-feira, 4 de junho de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario

Opinião

Caju X Maçã. Questão de gosto

terça-feira, 19 de maio 2020

Eu sou a maçã, (Malus domestica) fruto mundialmente conhecido, milenar , tenho historia sou citada ate na Bíblia, represento a mulher. Meu sabor é incomparável, alimento o universo todo, quem não me conhece. Ademais, sou primeiro mundo. E vós, quem sois? Sou o caju (Anacardium occidentale) genuinamente brasileiro, mais precisamente do Nordeste, não tão primitivo como você nem tenho tantas histórias, porém temos algo em comum: você não é fruto, assim como também não sou. Os frutos se originam do ovário de uma flor. E quem não se desenvolve a partir dessa estrutura são chamados de pseudofruto. Analisando bem, me dou ao luxo de dizer que a minha utilidade é total, o que não acontece com você, pois começo desde a casca do tronco até ao fruto propriamente dito, a castanha, que encerra a amêndoa.
A casca pode ser usada para curtume, dada sua riqueza em tanino, bem como chás que prodigiosamente evitam a halitose (mau hálito) e é empregado contra a asma. Resina é consequência de ferimentos provocada pelo homem no caule da planta de onde surge uma resina que sob ação alcalina se obtém uma goma semelhante às colas convencionais, aplicada pelos encadernadores com grande eficiência, com poder repelente sobre os insetos. Madeira, muito utilizada na produção de carvão e lenha com densidade de 500 quilos por metro cúbico. Pendúnculo se constitui a parte comestível “in natura” fonte de alimento com grande teor de vitamina C, muito aproveitada na culinária sob as mais variadas formas, de doces, sucos, cajuína, até bebida alcoólica. A amêndoa, que industrializada é saboreada pelas elites do Primeiro Mundo, considerado alimento rico em sais minerais, proteína bruta, cálcio, fósforo, ferro, tiamina, riboflavina e carboidratos totais. O LCC (Liquido da casca do caju) extraído da casca da castanha, que se constitui, hoje, 200 patentes usado na indústria química, lubrificantes curtidores, bem como eficiência inseticida, contra cupins etc. A cajucultura no Brasil se deve tudo à Embrapa-CE, que introduziu inúmeras tecnologias, até então desconhecida pelos produtores. O Ceará tem posição de destaque, no Brasil, como maior produtor de castanha de caju, abrangendo uma área de 271.475 hectares, com uma produção de 66.323 toneladas contra 122.662 da produção nacional para uma área de 428.162 hectares, com rendimento médio de 244 quilos por hectare.

MURILO FERREIRA
ENGENHEIRO AGRONOMO

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com