32 C°

quarta-feira, 1 de abril de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Opinião

Foco contra o coronavírus

terça-feira, 24 de março 2020

Em meio à pandemia de coronavírus que assusta o mundo, o Ministério da Saúde recomendou às secretarias estaduais e municipais da Saúde que adiem a vacinação de crianças nesta primeira etapa da campanha de imunização contra a gripe, como forma de prevenção à contaminação pela covid-19. A campanha teve início no final de semana passado, em alguns estados, e anteontem em outros, para idosos acima de 60 anos. A primeira fase previa imunizar idosos e crianças. Em diversas cidades, filas se formaram e secretarias da Saúde vêm buscando formas de realizar a vacinação assegurando o distanciamento, embora tal preocupação não tenha conseguido evitar aglomerações em locais de acesso. A recomendação de adiamento para crianças foi motivada, de acordo com o Ministério da Saúde, pelo cuidado a ser adotado com os idosos, principal grupo de risco e faixa etária com maiores índices de mortalidade. As crianças, ao contrário, são a faixa com menor índice de letalidade, mas podem contribuir para difundir o vírus.
De fato, a recomendação faz todo o sentido, uma vez que visa reduzir o contato dos idosos com crianças, já que estas são importantes transmissores e disseminadores das doenças respiratórias. É a hora de focar nos grupos de risco mais suscetíveis ao coronavírus, e, para isso, faz-se necessário mobilizar todo o aparato de saúde e as estratégias de vacinação para esse público em particular. Só assim evitaremos que a pandemia faça, entre os brasileiros, um elevado número de vítimas, causando ainda mais dor às famílias.

EDITORIAL

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com