32 C°

sábado, 4 de julho de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario

Política

Alece já prepara retomada das atividades presenciais

terça-feira, 30 de junho 2020

A Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) iniciou, nesta segunda-feira (29), os preparativos para a retomada gradual das atividades presenciais da casa, ainda sem data determinada para ocorrer. Entre as medidas de segurança a serem adotadas estão a realização de testes rápidos, sinalização com orientações preventivas e de distanciamento e instalação de totens com álcool em gel. Uma portaria da Mesa Diretora da Assembleia prorrogou o ponto facultativo até o dia 5 de julho, dando continuidade às ações de prevenção da propagação do novo coronavírus.


O presidente da Assembleia, deputado estadual José Sarto (PDT), reforça a intenção de fazer um retorno gradativo e responsável. Para ele, a testagem de servidores, iniciada ontem, será fundamental para detectar casos, especialmente os assintomáticos, prevenindo novos contágios nos espaços da Casa. “Ainda que não tenhamos uma data para o retorno efetivo, estamos preparando as condições para que tudo aconteça da forma mais segura para deputados, servidores, terceirizados e público visitante. Esse momento exigirá adaptação de todos nós, e não poderemos descuidar das medidas preventivas, como usar máscaras, higienizar sempre as mãos e evitar aglomerações”, afirma ele.


A retomada das atividades na sede do Parlamento cearense, segundo a casa, ocorrerá com número reduzido de servidores, que receberão informações sobre a jornada de trabalho e atuarão em regime de revezamento. O home office também será mantido nos casos avaliados como adequados. Servidores que integram o grupo de risco e aqueles que estiverem apresentando sintomas respiratórios serão preservados e deverão permanecer em casa, seguindo as recomendações dos organismos de saúde.
O deputado Evandro Leitão (PDT), primeiro secretário da Assembleia, reforça que o retorno gradual precisa do trabalho preventivo que está sendo realizado, como a testagem dos servidores do Poder Legislativo. “Essa etapa vai nos mostrar como poderemos retomar os trabalhos presenciais sem colocar em risco a saúde das pessoas. Além dessa testagem, outras medidas serão tomadas na Casa para garantir a segurança de todos”, conta. O parlamentar reforça que as sessões remotas garantiram o funcionamento das atividades legislativas durante o período de isolamento rígido tão necessário para preservar a vida da população cearense.


Medidas
No processo de preparação para a retomada, todos os prédios da Assembleia passaram por sanitização. Para a volta gradual das atividades, a casa disponibilizará máscaras de proteção e realizará ações educativas, com cartazes em pontos estratégicos e sinalizações indicando distanciamento. No primeiro momento, o atendimento ao público externo continuará suspenso. Neste primeiro momento, gabinetes, órgãos e demais departamentos da Assembleia chamarão para a testagem número limitado de funcionários, somente o necessário para o funcionamento das atividades, priorizando os que já estão em trabalho presencial.
A orientação interna para os funcionários da casa é que os trabalhadores aguardem contato de seus gestores, informando data, horário e local para a testagem. Os exames estão sendo realizados sob agendamento prévio pelos gestores, evitando aglomerações.


Nesta segunda-feira, foram testados funcionários lotados em gabinetes parlamentares. Na sequência, servidores de órgãos da Alece e outros setores serão chamados para fazerem o teste rápido imunocromatológico. O exame fornece informações sobre IGG e IGM, que apontam, respectivamente, a existência de infecção ativa e se o paciente já teve a doença e produziu anticorpos.


A testagem está sendo realizada em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi). A enfermeira do trabalho do Sesi, Ângela Monic, explica que o teste é feito a partir de amostra de sangue coletada com um furo no dedo, semelhante ao exame de glicemia. O resultado sai em um intervalo de 15 minutos a duas horas e é enviado por mensagem de texto ao celular dos pacientes. O laboratório é responsável por fazer as notificações junto à Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com