32 C°

sábado, 8 de agosto de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Áudio vazado: Wagner apresenta denúncia contra Bruno Gonçalves

sexta-feira, 31 de julho 2020

O deputado federal Capitão Wagner (Pros) apresentou ontem (30) denúncia na Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), sobre os áudios vazados na última semana enviados pelo deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Aquiraz, Bruno Gonçalves (Patriota).


Para Wagner, o conteúdo do áudio caminha em sentido oposto ao princípio constitucional da autoridade eleitoral, que exige eleições livres e limpas, com ampla liberdade de expressão, informação e de formação do voto livre de vícios. “A conduta veiculada nos áudios divulgados, onde houve a promessa e ajuste de pagamento a um ator político com certa representatividade social para manifestar publicamente o seu apoio e trabalhar no sentido de angariar votos para as candidaturas apoiadas pelo grupo político do prefeito em Fortaleza, Roberto Cláudio, é caracterizadora da repugnante prática de compra de votos podendo ainda revelar abuso do poder econômico e político”, frisa o deputado na denúncia.


No mesmo dia, o deputado estadual Soldado Noelio (Pros), colega de Bruno Gonçalves na Assembleia, cobrou investigação a respeito do áudio divulgado. Noélio afirmou não ter qualquer tipo de problema com o colega envolvido no áudio, mas que defende uma investigação isenta e séria. “Nunca tive qualquer problema com o deputado Bruno Gonçalves (PL), mas no áudio é possível reconhecer grandes indícios de crimes, como a afirmação que gastou R$ 60 mil para eleger o vereador de Fortaleza Adriano Bento”, relatou. O deputado reforçou a necessidade de uma investigação séria para que a população não desacredite da boa política.
Em aparte, o deputado Delegado Cavalcante (PSL) defendeu a veracidade do áudio e a apuração do caso com todo rigor que merece. “Temos o caso de um mandato de um deputado da oposição aqui quase suspenso, portanto, temos que ter a mesma conduta com alguém da base do governo. Da mesma forma, o prefeito de Fortaleza também precisa se manifestar, ao invés de ficar atacando o Capitão Wagner”, opinou.


Para a deputada Dra. Silvana (PL), o caso também atinge o grupo político que representa na AL. “Discordo sobre a afirmação de que maculou o nome de todos os deputados. Continuo orgulhosa de ser deputada e dividir essa atividade com homens competentes como vocês. Mas que esse caso mancha, sim, o partido e o nosso grupo político, isso não se discute. Política não é aquilo que foi descrito no áudio. Meu desejo é que a população não silencie e a justiça eleitoral tome providências”, avaliou.
No áudio em questão, Bruno Gonçalves trata de detalhes de negociações para compra de apoio político. Chega a dizer que pretende “pedir a ele [Roberto Cláudio] em torno de R$ 2,5 milhões”, pontuando que o prefeito “deu R$ 1,2 milhão na eleição passada”.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com