32 C°

segunda-feira, 28 de setembro de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Candidatos do PDT defendem apoio ao empreendedorismo

quarta-feira, 05 de agosto 2020

No quinto debate entre os pré-candidatos do PDT à Prefeitura de Fortaleza, realizado de modo virtual, os possíveis postulantes da base governista no pleito deste ano discutiram propostas ligadas a emprego e renda na cidade de Fortaleza, especialmente no contexto de recuperação da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Os seis participantes, entre outros temas, deram destaque particular ao empreendedorismo na cidade e como o Estado pode contribuir para impulsioná-lo.


Participaram os cinco pré-candidatos anunciados pelo PDT – o presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual José Sarto, o deputado estadual e ex-presidente da Câmara de Fortaleza Salmito Filho, os ex-secretários municipais Samuel Dias e Ferruccio Feitosa e o deputado federal Idilvan Alencar –, além de um novo participante: Alexandre Pereira, cuja pré-candidatura pelo Cidadania foi lançada recentemente. O ex-secretário municipal do Turismo se juntou aos cinco pedetistas como uma sexta opção para a chapa governista, de acordo com a decisão a ser tomada pelo grupo político do prefeito Roberto Cláudio (PDT) para disputar sua sucessão. Outros dois pré-candidatos de outras legendas que também são avaliados como possibilidades no grupo governista, Élcio Batista (PSB) e Nelson Martins (PT), não participaram dessa rodada.


O debate, sem marcação de tempo e com clima amigável – como já vinha sendo nos anteriores – foi mediado pelo ex-governador do Ceará e ex-prefeito de Fortaleza Ciro Gomes (PDT), que não deixou de tecer críticas à atuação do governo federal frente à pandemia. “A pandemia não é culpa do Bolsonaro, naturalmente, mas a forma como o governo vem enfrentando, tanto do ponto de vista da saúde pública como na economia… A média mundial é de 4% de queda, enquanto as projeções no Brasil falam de 9%”, pontuou, ao introduzir o tema do debate.


Ciro levantou questionamentos personalizados para cada debatedor, adaptando-os à principal área de atuação de cada. O novato nos debates pedetistas Alexandre Pereira, por exemplo, falou sobre a importância do investimento no turismo para a recuperação da crise. Além disso, aproveitando a presença de Ciro, fez referência a sua principal proposta defendida durante a campanha presidencial de 2018, de auxílio de crédito a pessoas endividadas, propondo adequar uma iniciativa parecida para pequenos empreendedores na cidade. “Em Fortaleza, por exemplo, fizemos uma mudança na operação de servidores que recebiam seu salário pelo Banco do Brasil e passaram a receber pelo Bradesco, uma operação normal, a Prefeitura negocia e entra recurso do Tesouro. Imagina se pudéssemos usar esse recurso do Tesouro pra dar aval pra esses pequenos empreendedores para conseguir esse mesmo dinheiro do Bradesco?”
O tema também foi abordado, por exemplo, por Salmito, que defendeu a importância de o poder público trabalhar com a iniciativa privada para incentivar a geração de emprego. “Seria interessante no ensino fundamental já desenvolver uma cultura empreendedora e identificar empreendedores, que muitas vezes passam a empreender porque passam por necessidade, por desespero”, pontuou, defendendo parcerias entre a Prefeitura e instituições como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com estratégias para impulsionar a economia local nos bairros.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com