domingo, 25 de agosto de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Deputados apostam em costumes e na área social

sexta-feira, 16 de agosto 2019

Imprimir texto A- A+

De olho nas demandas da população mais carente e que precisa dos serviços públicos, deputados estaduais cearenses têm apostando na apresentação de propostas com foco na família, na área social e no atendimento de reivindicações que contemplem melhorias na Saúde, Educação e Assistência Social.

O deputado Audic Mota (PSB) pondera que a luta em defesa da família não começou agora no Poder Legislativo. Para o parlamentar, são diversos deputados na Casa que, de uma maneira ou de outra, se preocupam com isso e permitem o debate sobre essa questão.
Ainda segundo Audic Mota, cabe a todos construir argumentos de convencimento na votação de determinados projetos. “Que não pareça que este debate vivia um anonimato aqui na Casa, e ressalto que qualquer proposta que chegue a este Parlamento e tente impor questões ou afetem a liberdade de crianças e adolescentes não terão o meu apoio”, ressalta o deputado.

Em pronunciamento na última quarta-feira, no plenário da Assembleia Legislativa, o parlamentar ainda manifestou preocupação com a notícia de que dos 502 poços profundos perfurados no Ceará pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), entre 2013 e 2016, apenas 118 foram instalados.

“Precisamos construir operações consorciadas para a instalação destes poços, direcionando verbas da Superintendência de Obras Hidráulicas do Estado (Sohidra) para soluções simples e de longo alcance”, defendeu Audic.
Já o deputado Carlos Felipe (PCdoB) se posicionou sobre o problema dos poços profundos no interior do Estado. “Às vezes é difícil o Governo executar essa política porque o custo é mais alto para a instalação em determinadas comunidades. Se o recurso for direto para as associações, existindo um mecanismo de parceria que possibilite a instalação desses poços, o custo vai diminuir e a comunidade vai se sentir corresponsável pela ação”, avaliou o deputado.

Sobre a pauta de costumes, o deputado Apóstolo Luiz Henrique (PP) reforça que não vai se abster em nenhuma matéria que trate sobre os valores da família. “A partir de hoje vou de gabinete em gabinete para ver se trago à consciência para que ninguém se abstenha, e votem contra todo projeto que vá contra a pureza das crianças”, assinala.
Já a deputada Fernanda Pessoa destaca a tramitação do projeto de indicação de sua autoria que cria o Programa Permanente de Qualificação de Cuidadores no âmbito do estado do Ceará.

Segundo a parlamentar, o programa seria desenvolvido pela Escola de Saúde Pública do Estado com o objetivo de viabilizar a qualificação de pessoas que já exercem ou exercerão a atividade no Ceará, por meio de cursos básicos que preparem seus alunos para os cuidados com pessoas com deficiência, idosos, dentre outros.

Assistência
O deputado Carlos Felipe (PCdoB) sugere a criação de uma frente parlamentar em defesa da assistência social no Brasil. O parlamentar ressalta a importância da mobilização para garantir que o Governo Federal volte atrás no contingenciamento anunciado pelo Ministério da Cidadania, que poderá afetar diretamente programas sociais. “Criar essa frente é defender as pessoas em situação de rua, usuários de drogas, mulheres vítimas de violência e problemas psicossociais. Nosso objetivo é ainda assegurar recursos para a área”, explicou.
O parlamentar afirma que o Governo Federal está equivocado em contingenciar verbas para esse setor e sugeriu que a frente seja composta por parlamentares dos mais diversos partidos. “Essa defesa não é partidária, e sim em defesa do povo que mais precisa do auxílio dos órgãos de assistência”, disse.

Carlos Felipe cobra, ainda, do Governo Federal o descontingenciamento na saúde. Ele afirma que, mesmo com todos os investimentos do Estado, sem o apoio do Governo Federal é impossível manter a saúde funcionando de forma adequada.
O deputado ressalta, ainda, em nome da população de Crateús, o apoio do deputado federal Roberto Pessoa (PSDB-CE) pela destinação de verba de emenda parlamentar no valor de R$ 2 milhões para a saúde do Estado, em especial para aquele município.
A deputada Fernanda Pessoa (PSDB) parabenizou a atuação de Carlos Felipe em favor da saúde no estado, notadamente a de Crateús, mas pediu um olhar especial para o município de Maracanaú. Ela citou a obra da policlínica que está paralisada e que a cidade atende pacientes de aproximadamente sete municípios da Região Metropolitana.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter