32 C°

sábado, 7 de dezembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Colunista - Macário Batista

Energia limpa e economia atraem “paraíbas”para financiamentos a sistemas de geração

quarta-feira, 07 de agosto 2019

A geração de energia limpa e as possibilidades de economia que ela oferece têm atraído o interesse dos nordestinos. A prova disso é que o Banco do Nordeste já investiu R$ 27,2 milhões na implantação de sistemas voltados para o uso residencial de energia solar apenas em 2019. As operações são realizadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, por meio da linha FNE Sol Pessoa Física.No Ceará foram contratados R$ 4,4 milhões no ano. Um dos interessados no Estado é o médico Raphael Bezerra. Ele já implantou um sistema de geração de energia solar em sua residência, no bairro Dunas, em Fortaleza, que gerará 1.800 quilowatts-hora por mês – até mais do que o consumo médio da casa. Assim, sua conta com a concessionária de energia será reduzida a zero.Raphael afirma que está bastante satisfeito com as condições do financiamento contratado. “O valor da parcela ficou igual ao valor da conta de energia. Já estou indicando o Banco do Nordeste a outras pessoas”, recomenda.O superintendente estadual do BNB no Ceará, Rodrigo Bourbon, destaca que a instituição prevê grande potencial de crescimento do mercado na Região. “Os principais benefícios são a geração de energia limpa, de forma descentralizada, com menores custos de produção e com tarifas reduzidas para os consumidores finais”, salienta. A grande vantagem da linha FNE Sol Pessoa Física é que os clientes podem compensar as parcelas dos financiamentos com economia na conta de energia elétrica e não aumentar os gastos fixos que já possuem. O crédito pode ser pago em até oito anos, com carência de até seis meses. Após a quitação, sobram os benefícios do equipamento, que tem vida útil média de 20 anos. O Banco do Nordeste financia até 100% do investimento, com limite de R$ 100 mil e taxas de juros a partir de 0,39% ao mês. Para valores abaixo de R$ 50 mil, há ainda outra facilidade: a garantia pode ser aval ou alienação dos próprios equipamentos.Os dados são de pres release do BNB.

Duca sai, Duca entra. Segundo suplente da coligação onde está o PDT,o deputado Duquinha que assumira com a licença de Fernando Hugo,deixou a Assembleia. Foi menos de uma semana.Bruno Pedrosa pediu licença de 120 dias e Duca foi chamado de volta. O terceiro suplente, Ney Gonçalves,filho de Raimundão Gente Fina, assume esta semana com a licença de Leonardo Araújo, do PMDB.

Excelência

O Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará, administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), é acreditado com excelência pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

O certificado 

O Acreditado com Excelência – Nível 3 reconhece padrões de qualidade, segurança do paciente e gestão integrada. A certificação do HRN ressalta a cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional. O título é válido por três anos.

Em qual contexto?

Tasso Jereissati, senador relator da reforma da Previdência no Senado, falou na Fiec. Reunido com o povo igual a ele, empresários e industriais, falou que o congresso cuidará de sua “própria pauta”.

Porém…

…o senador Tasso Jereissati (PSDB) disse que vê com “preocupação” a possível indicação do deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL), para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

Daí que…

Tasso disse que não ia dizer mais sobre o presidente Bolsonaro, em atenção ao presidente da Fiec, empresário Beto Studart (Beto, ontem, nas redes sociais, fez uma comentário enaltecendo o governo Bolsonaro).

hoje

Mais lidas