32 C°

segunda-feira, 21 de setembro de 2020.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Tarcília Rego

Merece e faz valer!

terça-feira, 07 de novembro 2017

Águeda Muniz, da Seuma, leva o Prêmio O Estado Verde 2017. Quem mais poderia receber o reconhecimento? Claro que outras pessoas estão na nossa lista, porém, poucas trabalham e trabalharam tanto nos últimos anos e neste ano, sob a minha visão, pela melhoria contínua da qualidade ambiental de Fortaleza, quanto à secretária. E mais, em uma posição estratégica.

Sexta-feira, um colega me cutucou: “esse prêmio pode ser considerado chapa branca, ano passado o Artur [Secretaria Estadual do Meio Ambiente] e esse ano, a do Município?” De jeito nenhum! , eu repliquei na hora.

Primeiro, nem a Prefeitura e nem o Governo do Estado patrocinam o caderno. Roberto Cláudio, então, nunca quis nem saber da gente. O estadual, pelo menos na Era Cid Gomes, nos apoiou por um período.

Mas essa não é a questão. A questão é que Artur Bruno fez o ano passado e continua fazendo um excelente trabalho à frente da Sema. Só para citar: quem duvida de todo um esforço dele para a assinatura do decreto que cria a Unidade de Conservação Parque do Cocó? Que secretário estadual mais tratou e trata de buscar soluções para a questão dos resíduos no Ceará, senão ele?

Com a Águeda não é diferente. A arquiteta e urbanista (e ambientalista!) está por trás de toda essa boa política ambiental que a Prefeitura vem desenvolvendo ao longo da administração Roberto Cláudio. Com certeza, ele não poderia ter encontrado profissional melhor e mais capacitada. Parabéns, Águeda! Você merece e faz valer o cargo público que exerce.

Enquanto os híbridos estão se tornando mais comuns, a Ford acredita que os modelos puramente elétricos terão maior impacto na indústria automobilística e no mundo, o que abrirá as portas para novas formas de pensar, desde o design e produção até serviços ao cliente e softwares.
A Natura acaba de receber o Prêmio B Corp MVP (Most Valuable Player), que considera organizações de todo o mundo e reconhece aquelas que associam crescimento econômico à promoção do bem-estar social e ambiental, além de transformar estes desafios em oportunidades que gerem impacto positivo para milhões de pessoas. É a primeira empresa brasileira a ser reconhecida pelo prêmio.

O movimento B Corp começou em 2006, nos Estados Unidos, liderado pelo B Lab – organização sem fins lucrativos que reúne empresas convictas de que, por meio de seus produtos, práticas e governança, é possível gerar desenvolvimento socioambiental, além do econômico. Atualmente, existem mais de 70 Empresas B no Brasil e 250 na América Latina. Em todo o mundo, o movimento B Corp reúne cerca 2.500 companhias de 130 setores diferentes.

“A virtude moral é uma consequência do hábito. Nós nos tornamos os que fazemos repetidamente. Ou seja, nós nos tornamos justos ao praticarmos atos justos, controlados ao praticarmos atos de autocontrole, corajosos ao praticarmos atos de bravura.” Aristóteles.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com