32 C°

terça-feira, 10 de dezembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Colunista - Solange Palhano

A oposição me envergonha!

sexta-feira, 12 de julho 2019

É impressionante a falta de responsabilidade de alguns de nossos representantes políticos. O País está à beira de um abismo. Milhões foram desviados durante vários governos, a saúde agoniza, a educação pública caminha a passos lentos e está quase desaparecendo, a bandidagem e as drogas dominam o País e acaba com a nossa juventude. Não temos credibilidade para investimentos estrangeiros. A indústria e o comércio lutam a cada dia para se manterem vivos no mercado.

Inúmeras empresas fecharam. A construção civil encontra-se em situação lastimável, a taxa de desemprego continua altíssima, municípios
e estados da Federação estão falidos. Com esta realidade, que é de conhecimento de todos os brasileiros, políticos ficam brincando de ser oposição na Câmara Federal. Fizeram de tudo para dificultar a aprovação da reforma da previdência, colocaram todas as barreiras possíveis
para adiar a votação.

De nada adianta esse comportamento absurdo de deputados da oposição. As mudanças no sistema previdenciário brasileiro são apoiadas
por 73% dos deputados federais. De acordo com levantamento do Paraná Pesquisas, que ouviu 233 parlamentares, entre os dias 11 e 14 deste mês, a maioria dos deputados considera que o contexto político e econômico do País é o melhor mome n t o para levar adiante a reforma da previdência. Já entre os partidos da base de apoio no Governo, 89,3% dos deputados defenderam aprovação da reforma.

O apoio às mudanças nas regras da aposentadoria também é forte entre os deputados do centrão (partidos que não declararam nem apoio nem oposição a Bolsonaro), sendo que 83,9% dos parlamentares no grupo defendem a reforma. E alguns membros da oposição “lunática”, que querem incendiar o País, afirmam que o momento não é o melhor para se fazer mudanças na previdência. A lógica é se a previdência passar, tudo indica que a credibilidade retornará, o Brasil sairá
da crise e com isso adeus à esperança do PT, PDT, PC do B voltar ao poder. Essa turma ainda não se tocou que permanência no poder é
cíclica. Que a tendência mundial é a dominação da direita. Ninguém consegue se perpetuar, a gestão da esquerda foi às ruínas.
Com a aprovação na Câmara Federal em primeiro turno, do
texto principal da reforma, confirmou- se a pesquisa realizada. Foram 379 votos a favor e 131 contra. Essa primeira etapa, o Brasil está vencendo.

Mudanças no projeto
original da Peforma

O Governo não deve ceder a nenhuma
pressão de categorias profissionais.
Policiais e professores fazem
lobbies para que não sejam atingidos
pela reforma. Se houver exceção,
haverá um efeito cascata, porque abre
precedentes para outras profissões. A
maioria dos deputados que apoiam
o Governo está disposta a votar no
projeto original que foi enviando ao
Congresso. Após a aprovação do
projeto, não deve cair no esquecimento
os militares. O sacrifício tem
de ser para todos os brasileiros.

Participação da
sociedade brasileira
Estou orgulhosa do povo brasileiro,
nunca vi uma participação tão
grande de todos, independentemente
da classe social. O brasileiro está deixando
de ser acomodado e lutando
um pouco pelos seus direitos. Está
de olho nas decisões dos poderes
Legislativo, Executivo e Judiciário.
Não é ainda um cidadão como do
primeiro mundo, porque não existe
educação, formação e cultura para
isso. Mas, um dia, chegaremos lá.

hoje

Mais lidas