32 C°

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

Colunista - Fernando Maia

PT quer crescer unido

quinta-feira, 12 de setembro 2019

O Partido dos Trabalhadores deve sair do episódio que marcou a escolha do presidente do diretório municipal de Fortaleza, mais coeso e unido para fortalecer-se com vista às eleições municipais. É o que assegurou ao colunista o deputado Elmano de Freitas, elogiando o espirito democrático dos seus correligionários que evitaram confrontos internos, apostando na ressurreição do partido em Fortaleza. A questão proposta para conduzir o debate sucessório da agremiação teve como principal peça de resistência a necessidade de um entendimento amplo das suas principais lideranças. O monopólio da dignidade ficou dividido. Ninguém é mais forte que o outro e só a união poderá fazer com que o PT volte a ocupar o seu papel na vida pública estadual. Foi essa a lição que resultou da convocação geral do partido para decidir o seu futuro imediato.

Genecias desafina. O deputado Genecias Noronha perdeu um dos melhores quadros da política estadual. Marcos Cals, o mais querido ex-presidente da Assembleia Legislativa, deixou o Solidariedade para filiar-se ao PP, de Zezinho Albuquerque. Conhecido por manter suas promessas, Noronha vem sendo acusado por colaboradores de defenestrá-los sem a menor cerimônia, correndo o risco de ficar desacreditado naquilo que era o seu forte: honrar compromissos.

Maquina desajustada. A máquina municipal colabora para o desgaste do prefeito Roberto Cláudio. Fiscais da Prefeitura, apoiados pela Guarda Municipal, operam com truculência contra camelôs e pequenos comerciantes.
Pagando o pato. RC também está sendo acusado de apoiar a cobrança automática do Sindiônibus que vai desempregar mais de 4 mil cobradores nos transportes coletivos de Fortaleza. Não costuma agir de forma desumana, mas pode pagar pato.
Inconveniência. Na Câmara Municipal, acumulam-se as queixas contra Lúcio Bruno. Assessor especial de Roberto Cláudio, cria dificuldades para vereadores da base aliada. Em ano eleitoral, o apoio de vereadores é indispensável para a vitória do candidato do Prefeito.
Fora de foco. Fonte do Paço Municipal assegura que o prefeito de Fortaleza tem orientado o seu staf a receber bem os edis. Não quer ver quebrado o dispositivo que o tem apoiado. Depende deles o sucesso da gestão.
Cacife eleitoral. A medica Mayra Pinheiro poderá ser a cereja do bolo de candidatos a prefeito. Os 882.019 votos que obteve no último pleito têm potencial para fazer estragos em qualquer eleição. O seu passe está sendo disputadíssimo por candidatos à sucessão.
Efeito colateral. Os deputados Roberto Pessoa e Júnior Mano podem sair chamuscados no episódio da cassação do presidente da Câmara de Maracanaú. Estão sendo responsabilizados pela indicação de dois assessores que comandavam as maracutaias do presidente.

“Reformas políticas são necessárias e devem ser bem recebidas pelo povo. Elas visam aperfeiçoar o regime.” Manuel de Castro filho, advogado, deputado e ex-governador.

Mais informações de Fernando Maia:
e-mail: fernandomaia@oestadoce.com.br

blogdofernandomaia.zip.net

hoje

Mais lidas